O REINO É DE TODOS QUE DÊEM CUMBU

A China vai desembolsar 249 milhões de dólares (231 milhões de euros) para financiar um projecto nacional de banda larga em Angola, no âmbito de um acordo de financiamento assinado hoje, em Luanda, entre ambos os governos. ministra das Finanças angolana, Vera Daves, e o embaixador da China em Angola, Gong Tao, foram os signatários deste acordo que prevê que o gigante asiático vai conceder o empréstimo para financiar o projecto. “O acordo que hoje assinámos, pelas suas características, contribui para desenvolver ainda mais as relações amistosas e promover a…

Leia mais

A DOCE LEVEZA DA DEMAGOGIA

O Presidente angolano, João Lourenço, afastou os accionistas chineses da mina de Catoca, a maior do país, nacionalizando as participações detidas pela LL Internacional Holding BV sociais na Sociedade Mineira de Catoca, anunciou a Presidência. Aproveitando o balanço… o Governo inaugurou hoje a Candy Factory Angola, uma fábrica que produz rebuçados, pastilhas elásticas e similares. Segundo a nota, publicada na página oficial do Facebook, João Lourenço justifica a decisão dizendo que a LL Internacional Holding BV é “neste momento, uma sociedade sujeita a fortes medidas restritivas no país e no…

Leia mais

MPLA CONTRATA CHINESES PARA METER ÁGUA

O grupo estatal chinês China Energy Engineering Corporation (CEEC) anunciou que irá construir uma estação de distribuição para reduzir a escassez de água potável na capital angolana, Luanda. Consta que irá, igualmente, fazer os rios nascer na foz e desaguar na nascente… Num comunicado agora divulgado, uma subsidiária do CEEC, o Guangxi Hydroeletric Construction Bureau Co Ltd, disse ter assinado um contrato com a Direcção Nacional de Águas, sob a tutela do Ministério da Energia e Águas de Angola. O contrato prevê a construção, na zona de Benfica, de uma…

Leia mais

TRABALHADORES PROTESTAM E POLÍCIA MATA-OS

A UNITA, o principal partido da oposição que o MPLA ainda permite em Angola, condenou hoje os incidentes ocorridos no projecto hidroeléctrico de Caculo Cabaça, onde dois trabalhadores foram mortos em confronto com a polícia, ao “reivindicarem os seus direitos”, pedindo “responsabilização dos autores materiais”. A UNITA recorda que o acto resultou também em vários feridos e “condena com veemência” a actuação policial uma vez que os actos “aconteceram na sequência de reclamações justas dos trabalhadores” e que são perfeitamente normais nos países que são aquilo que Angola ainda não…

Leia mais

ISTO SE… E OS CHINESES DEIXAREM

A agência de notação financeira Standard & Poor’s (S&P) antevê que a dívida pública de Angola desça para 64% do Produto Interno Bruto (PIB) até 2025, depois de ter atingido o pico de 131% em 2020. Isto se… “Esperamos que a dívida governamental de Angola vá continuar a cair para 64% do PIB até 2025, depois de ter atingido um pico de 131% em 2020; o declínio na dívida depende dos preços favoráveis do petróleo, que devem impedir uma desvalorização abrupta da moeda”, prevêem os analistas. De acordo com um…

Leia mais

“Massacre” de abelhas azeda o mel

Apicultores angolanos denunciaram que a exploração ilegal de madeira, em algumas províncias do país, e as queimadas estão a causar o extermínio de abelhas e a provocar escassez de mel. Se, ao menos, exterminassem os marimbondos… O Ministério da Agricultura e Pescas nega, no entanto, que a falta de mel esteja relacionada com o abate indiscriminado de espécies melíferas, atribuindo o factor a outros fenómenos, entre os quais a seca. A seca é, na verdade, um sério problema. Sobretudo quando se associa, como é o caso, à seca de competência…

Leia mais

A mina das terras raras

A Pensana Rare Earths Plc, que detém a concessão do projecto de terras raras de Longonjo, na província do Huambo, anunciou que está em negociações com uma empresa chinesa para a construção da mina. Num comunicado enviado à Bolsa de Valores da Austrália, a Pensana anunciou que a empresa estatal chinesa China Great Wall Industry Corp poderá ser nomeada como empreiteira dos trabalhos de engenharia, contratação e construção do projecto em Angola. A China Great Wall prometeu ainda ajudar a Pensana a obter financiamento junto de bancos comerciais chineses, recorrendo…

Leia mais

Peritos chineses, médicos cubanos e sipaios do MPLA

Peritos chineses partilharam com médicos angolanos a sua experiência no combate à pandemia da Covid-19, incluindo o tratamento de emergência a dar a doentes em estado crítico. Quem melhor do que os pais deste novo coronavírus (e mentores do MPLA) para ensinar os filhos angolanos a ludibriar o problema? “T endo em conta as condições médicas locais, partilhei as experiências de tratamento mais simples, mas também mais práticas”, referiu o director da Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital Provincial do Povo de Sichuan, Huang Xiaobo. Segundo um comunicado do Governo…

Leia mais

São (todos) bons rapazes!

A UNITA, maior partido da oposição de Angola, condenou e repudiou “com a maior repulsa” actos de chineses contra africanos residentes na China devido à Covid-19. O volume do investimento chinês em Angola ultrapassou os 20.000 milhões de dólares (18 mil milhões de euros). Coisa pouca… Em comunicado, o Comité Permanente da Comissão Política da UNITA considera “ignóbeis actos atentatórios da dignidade da pessoa humana” os relatos de desavenças, “alguns graves”, entre chineses e membros da comunidade africana no país asiático. A UNITA apelou ao executivo de Angola que tome…

Leia mais

Uau! Prioridade às “picadas”

O Governo começou hoje, segundo diz, a analisar as cerca de 500 propostas do concurso público para reabilitação de 27 troços de estradas, cuja primeira fase está orçada em 175 milhões de dólares (152 milhões de euros). É, nada mais sintomático e esclarecedor, “Programa de Salvação de Estradas”. Enquadrado no denominado “Programa de Salvação de Estradas” de Angola, com um orçamento global de 350 milhões de dólares (304 milhões de euros), as autoridades admitiram já cerca de 400 propostas de empreitadas e 100 para fiscalização, entre empresas angolanas e estrangeiras,…

Leia mais