Nem a morte o absolverá

“Quanto a mim, sei que a prisão será dura como nunca o foi para ninguém, cheia de ameaças, de uma ruim e covarde crueldade, mas não a temo, como não temo a fúria do miserável tirano que tirou a vida a 70 dos meus irmãos. Condena-me, não me importo. A história me absolverá”, palavras de Fidel de Castro, ex-presidente de Cuba, declaradas no tribunal poucas horas antes de ouvir a sua sentença de condenação no dia 16 de Outubro de 1953. Por Sedrick de Carvalho O ditador na altura era…

Leia mais

Fidel Castro, pois claro comandante!

A Via expresso Cabolombo/Viana e Cacuaco, em Luanda, foi designada, por ordem expressa de sua majestade o rei de Angola, Comandante em Chefe da revolução Cubana, Fidel de Castro Ruz, falecido no passado dia 25 de Novembro, em Havana, vítima de doença, e velho amigo do MPLA. O baptismo foi presidido pelo Ministro do Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da Republica, Manuel Hélder Viera Dias “Kopelipa”, que descerrou a placa, na presença da comunidade cubana residente em Angola, com destaque para a embaixadora Gisela Garcia Ribeiro.…

Leia mais

À UNITA falta coragem mas sobra hipocrisia

A Direcção da UNITA afirma que os militares do partido “sempre admiraram” Fidel Castro, mas sublinha que sem o envolvimento de Cuba em Angola o curso da história nacional teria sido “muito diferente”. Por Orlando Castro A posição vem expressa numa nota de condolências pela morte do líder histórico cubano, assinada pelo secretariado executivo da comissão política da UNITA. Cuba foi aliado do MPLA, no poder desde 1975, desde o período da guerra colonial até à guerra civil que se seguiu à independência angolana do regime colonial português, inclusive com…

Leia mais

Morreu Fidel Castro

Cuba decretou nove dias de luto nacional pelo óbito do seu líder histórico Fidel Castro, que morreu na noite de sexta-feira, aos 90 anos. As cerimónias fúnebres vão realizar-se a 4 de Dezembro, em Santiago de Cuba, no sul do país. Um livro de memórias de antigo guarda-costas de Fidel Castro, Juan Reinaldo Sánchez, revela os esquemas do presidente cubano, que dirigiu também a guerra de Angola à distância, esperando e conseguindo ser dono de muitas das riquezas angolanas. São revelações de um antigo guarda-costas de Fidel Castro, que o…

Leia mais

China atribui prémio da paz a Fidel Castro

China atribui prémio da paz a Fidel Castro - Folha 8

Um grupo de intelectuais chineses atribuiu a Fidel Castro um prémio da paz, uma distinção alternativa ao Nobel, saudando os esforços do ex-presidente cubano para “resolver crises internacionais”. L iu Zhiqin, um dos organizadores do “Prémio da Paz Confúcio”, citado pelo jornal Global Times, diz que “Castro, quando esteve no poder, não recorreu à força ou à violência para resolver as crises e conflitos de âmbito internacional, em particular com os EUA”. O pai da revolução cubana, que abandonou o poder em 2008, “tem trabalhado de forma incansável para se…

Leia mais

“A Face Oculta de Fidel Castro”

A Face Oculta de Fidel Castro

Livro de memórias de antigo guarda-costas, Juan Reinaldo Sánchez, revela esquemas do presidente cubano, que dirigia também guerra de Angola à distância, esperando ser dono das riquezas angolanas. São revelações inéditas, em livro, de um antigo guarda-costas de Fidel Castro, que o acompanhou durante 17 anos. Juan Reinaldo Sánchez revela, nas suas memórias, que o líder cubano promoveu redes de tráfico de droga nos anos 1980 com ligações à Colômbia e Panamá como forma de financiamento da revolução. Mais ainda: dirigia a guerra de Angola à distância. O livro tem…

Leia mais