Eureca! O Presidente teve uma… visão

João Lourenço, Presidente angolano e também Presidente do MPLA e Titular do Poder Executivo, considerou hoje que, perante o “mar de dificuldades” decorrentes do baixo preço do petróleo e da Covid-19, a “única saída” que resta a Angola é “produzir internamente tudo o que as potencialidades do país permitirem”. Demorou 45 anos a descobrir, pelo que é verosímel que demore mais 55 anos a concretizar-se. “Estimular a produção interna de bens e de serviços, contando com o investimento privado nacional e estrangeiros na agricultura, nas pescas, na indústria, no turismo,…

Leia mais

Só falta a comissão para exonerar as… comissões

O Presidente de Angola, João Lourenço, criou uma comissão (mais uma) multi-sectorial encarregada de analisar as condições de acesso para atribuição de habitações sociais nos projectos habitacionais promovidos pelo Estado, indica hoje uma nota oficial. Um dia destes será, ao que tudo indica, criada uma comissão para analisar a viabilidade das comissões criadas para analisar se as comissões são necessárias para que as comissões sejam comissões. Segundo um comunicado da Casa Civil do Presidente, a comissão, coordenada pelo ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República,…

Leia mais

MPLA de gema não escapa à pura gema da… corrupção

Um dos mais poderosos conglomerados empresariais de capitais angolanos, o Grupo Gema, está a ser desmantelado por uma parte dos accionistas. O Jornal de Angola apurou que os activos estão a ser alojados numa sociedade designada Suntau Comércio Geral e Representações Limitada. De acordo com uma denúncia obtida pelo Jornal de Angola, o accionista Pedro Januário Macamba que, depois de 2012, viu os tribunais decidirem a seu favor em três processos contra o Grupo Gema, representado nessas contendas pelo Presidente do Conselho de Administração, José Leitão, revelou que a Suntau…

Leia mais

Depois da fase de exonerar,
o Governo agora pretende

O Governo angolano pretende cortar para metade os subsídios anuais às empresas do Sector Empresarial Público (SEP) e concluir a privatização de pelo menos 20 unidades não estratégicas, nos próximos quatro anos. Com a fase das exonerações a perder fôlego, urge continuar a alimentar a ingenuidade do Povo. A pretensão consta do Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN) 2018-2022, aprovado pelo Governo e publicado oficialmente no final de Junho, contendo um conjunto de programas com a estratégia governamental para o desenvolvimento nacional na actual legislatura. O documento define o objectivo de…

Leia mais

Como o povo gosta, aí está (mais) uma nova… comissão

Uma comissão. Mais uma. Outras estão na calha. Quem sabe… sabe. Por despacho presidencial, João Lourenço criou mais uma comissão. Desta vez a missão da comissão não é criar outra comissão mas sim preparar e implementar o processo de privatização, via Bolsa de Valores, de empresas públicas ditas de referência. A referida comissão será coordenada pelo ministro de Estado do Desenvolvimento Económico e Social, Manuel Nunes, e integram os titulares das Finanças, Economia e Planeamento, os secretários para os assuntos Económicos, das Finanças e Tesouro do Presidente da República. Fazem…

Leia mais