Joãona, terceira primeira

O que é que a Ana, terceira primeira-dama, esposa do João, o que participou na corrupção e beneficiou da corrupção, anda a fazer se não percebe patavina de Educação Especial? Só se o faz para propaganda de promoção da sua imagem. Como é que uma pessoa que estudou umas coisas em Economia anda armada em mãezinha em Metodologias de Intervenção Pedagógica? Por José Filipe Rodrigues (*) Nós não acreditamos que um médico dentista estudou para reparar os buracos das estradas. Também não acreditamos que um médico veterinário saiu da universidade…

Leia mais

E que tal conhecer o país real?

O projecto saúde móvel “Nascer Livre para Brilhar” iniciou um programa de formação para técnicos de saúde, com o objectivo de reforçar os conhecimentos ligados ao atendimento clínico adequado para a prevenção da transmissão de HIV da mãe para o filho. Em Luanda serão capacitados 30 técnicos de saúde de 10 unidades sanitárias entre os dias 30 de Junho e 2 de Julho, no Instituto de Técnicos de Saúde de Luanda. Na província do Cunene serão formados 25 técnicos de 10 unidades de saúde. Além dos técnicos de saúde, o…

Leia mais

Banha da cobra contra a pandemia

A primeira-dama de Angola, Ana Dias Lourenço, destacou hoje a participação activa e resiliente das mulheres no combate à Covid-19, “fundamental para a resposta rápida” à crise social e económica decorrentes da pandemia. Numa mensagem alusiva ao 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, Ana Dias Lourenço sublinhou a participação activa de um conjunto de mulheres nas diferentes áreas, na busca de soluções, na tomada de medidas e na linha da frente no combate à pandemia e no tratamento de doentes. Ana Dias Lourenço salientou que foram e são as…

Leia mais

Foram o passado, são o presente e querem ser o futuro

A primeira-dama de Angola, Ana Dias Lourenço, defende que o país (que é independente há 45 anos e que há 45 anos é governado pelo seu partido, o MPLA) “não pode desperdiçar” os melhores ensinamentos do passado, advogando que precisa de se construir uma sociedade “mais justa, digna, inclusiva e com respeito pelas experiências dos mais velhos”. Ana Dias Lourenço, que falava na cerimónia de lançamento da plataforma “Dikota_E6.0”, projecto que se propõe “criar raízes e deixar marcas” para a sociedade angolana, garantiu “empenho e envolvimento pessoal” na iniciativa. “É…

Leia mais

Vira o disco… toca o mesmo

A Primeira-Dama de Angola, Ana Dias Lourenço, apelou nesta terça-feira, aos órgãos do Executivo (cuja liderança pertence ao seu marido, João Lourenço) para o reforço, de forma substantiva e sustentável, dos apoios à mulher rural, por ser a principal força motora da economia familiar e rural no país. Em Angola, a mulher rural, reconhecida como um importante agente económico, representa um universo de 5.360.200 pessoas, 18,6% da população estimada em mais de 30 milhões de habitantes, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística (INE). Ana Dias Lourenço, que…

Leia mais

Vergonha procura-se!

Num país de 30 milhões de habitantes e que tem 20 milhões de pobres, é caricato e ultrajante ver a primeira-dama da Reino, Ana Dias Lourenço, defender a necessidade dos cidadãos investirem mais o seu tempo e recursos no aumento dos níveis de literacia financeira. Soubesse a esposa do Presidente da República o que é ser gerado com fome, nascer com fome e morrer com fome e estaria caladinha. Por Orlando Castro (*) Ao discursar na abertura da 2ª Feira do Investidor, promovida pela Comissão de Mercado de Capitais (CMC),…

Leia mais

Filhos da fome algum dia
irão ser livres e brilhar?

A primeira-dama de Angola, Ana Dias Lourenço, convidou a duquesa Meghan Markle, mulher do príncipe Harry, a apoiar o projecto “Nascer Livre para Brilhar”, que visa eliminar a transmissão à nascença do vírus do HIV. Será possível que quem é gerado com fome, nasce com fome e morre pouco depois com fome algum dia seja livre e possa brilhar? O convite foi feito durante o encontro que Ana Dias Lourenço manteve com o príncipe Harry, no Palácio Presidencial, após ter sido também recebido pelo Presidente João Lourenço, segundo a embaixadora…

Leia mais

De barriga vazia ninguém
é livre, ninguém brilha!

“Nascer Livre para Brilhar” é uma iniciativa da primeira-dama de Angola, Ana Dias Lourenço. Será possível que quem é gerado com fome, nasce com fome e morre pouco depois com fome algum dia seja livre e possa brilhar? Angola pretende reduzir, nos próximos três anos, dos actuais 26% para 14%, a taxa de contaminação do VIH de mãe para o filho, no âmbito da Campanha “Nascer Livre para Brilhar”, anunciou a própria primeira-dama. Vá lá. Desta vez não foi o Presidente. Mas o Governo está imparável. Às segundas, quartas e…

Leia mais