Isabel atenta aos mundos dos auditores

Os advogados de Isabel dos Santos disseram esta quinta-feira que as suas empresas são as primeiras interessadas em esclarecer eventuais irregularidades das auditoras e que serão assistentes nos processos, após a CMVM (Comissão do Mercado de Valores Mobiliários) de Portugal ter instaurado acções sobre auditores relacionadas com os Luanda Leaks. “A s empresas foram clientes de boa-fé e confiaram no currículo e capacidade profissional dessas empresas de auditoria e serão as primeiras interessadas no cabal esclarecimento de eventuais irregularidades e não deixarão de se constituir assistentes, se tais processos existirem,…

Leia mais

Democracia? Sim, é claro.
– Desde que o MPLA vença

A CNE (sucursal do MPLA) e os observadores contratados pelo regime garantem que as eleições de ontem em Angola foram justas, transparentes e dignas. São sempre assim desde que, é claro, o MPLA esmague a concorrência. Embora não existam resultados oficiais, é isso que vai acontecer. A oposição, sobretudo UNITA e CASA-CE, lá terão de continuar (que chatice, não é?) a ser escravos de barriga cheia. Ao Povo resta ser escravo mas de barriga vazia. Conforme o Folha 8 relatou, circularam ontem informações credíveis de tiroteios, detenções e esfaqueamento junto…

Leia mais

Contar votos tem mais (des)encanto às escuras

A Direcção da CASA-CE, concorrente às eleições gerais do país, queixou-se hoje de casos de delegados de lista retirados das mesas de voto durante o escrutínio, mas a Comissão Nacional Eleitoral (CNE) desconhece a situação. Aliás, enquanto sucursal do MPLA, desconhece tudo, não ouviu nada, nada sabe. E o que sabe é soprado pelas “ordens superiores” do regime. A posição foi assumida em declarações aos jornalistas cerca das 21:00, três horas após o encerramento das urnas nas eleições gerais angolanas, na sede da segunda força da oposição angolana, pelo secretário…

Leia mais

Mais dois casos com a CASA

Ezequiel dos Santos Conde apareceu como candidato em duas listas, APN e CASA-CE. Mas não é só. A jornalista Luísa Rogério também aparece como candidata na coligação liderada por Abel Epalanga Chivukuvuku, mas reclamou porque, afinal, não chegou a acordo com a CASA-CE. Haverá mais episódios? O Tribunal Constitucional de Angola pretende multar em 500.000 kwanzas (quase 2.700 euros) um cidadão nacional que estava inscrito em simultâneo por dois partidos nas listas candidatas a deputados nas eleições gerais de 23 de Agosto. De acordo com o teor da decisão tomada…

Leia mais

CASA-CE partido? Talvez apenas depois das eleições

O Tribunal Constitucional angolano indeferiu o pedido de transformação da Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral (CASA-CE) em partido político, alegando algumas irregularidades no processo. Em função do pouco tempo útil até às eleições, admite-se que a passagem a partido possa ficar para depois de Agosto. A decisão foi apresentada esta segunda-feira (23.01) àquela coligação de partidos, a segunda força da oposição e com representação parlamentar, numa reunião orientada pelo presidente do Tribunal Constitucional, Rui Ferreira. “Acabamos por saber que das decisões dos órgãos dos partidos que…

Leia mais

Algo vai (muito) mal na UAN

Vários leitores (devidamente identificados) escreveram ao Folha 8 para expor uma situação que “lentamente vem tomando proporções alarmantes e a configurar uma total injustiça bem debaixo dos olhos da Direcção da Faculdade de Direito e da Reitoria da Universidade Agostinho Neto”. O alerta refere-se ao Centro de Pesquisa em Politicas Públicas e Governação Local, sito na Faculdade de Direito da UAN, não se sabendo ao certo se este departamento é público ou privado, porque o Director e o Coordenador mudam em função dos seus interesses. Vejamos algumas anomalias apontadas: Recentemente…

Leia mais