Mais descobertas no Namibe

Um dos mais completos plesiossauros (réptil marinho fóssil, da Era Secundária, que atingia 5 metros de comprimento) de África foi descoberto em Angola por paleontólogos da Universidade Nova de Lisboa, anunciou a instituição de ensino superior em comunicado. Um novo estudo publicado na revista PlosOne “revela o mais completo crânio de plesiossauro de África sub-sahariana, tendo sido descoberto e escavado na província do Namibe, Angola, por Octávio Mateus, em 2017”, lê-se no comunicado. O estudo deste réptil marinho, com 72 milhões de anos, foi o resultado da tese do Mestrado…

Leia mais

E o deserto aqui tão perto!

O Banco Mundial reviu hoje em baixa a previsão de crescimento para a economia de Angola, antecipando agora uma expansão de 0,7% este ano, 0,3 pontos percentuais abaixo da estimativa feita em Abril. Para evitar que a economia cresça… para baixo, João Lourenço só tem uma de duas oportunidades, nomear para a Economia João Pinto ou Bento Kangamba. “E m Angola, prevê-se um crescimento de 0,7%, o que é 0,3 pontos percentuais mais baixo do que a previsão de Abril, e 2,2% em 2020 e 2,7% em 2021″, lê-se no…

Leia mais

Namibe talvez regresse
aos bons velhos tempos

O Governo angolano aprovou um contrato de financiamento com o Development Bank of Southern África, no valor de 100 milhões de dólares (91 milhões de euros) para o projecto da Baia do Namibe, segundo um despacho presidencial. Será desta? Ou, mais uma vez, as redes vão chegar a terra sem peixe? Segundo o despacho, datado de 27 de Setembro, e agora publicado no Diário da República, o contrato destina-se a cobrir o pagamento inicial do Projecto Integrado de Desenvolvimento da Baía do Namibe (sul de Angola). Este projecto inclui a…

Leia mais

Se há rios pode haver barragens. Quem diria?

A província de Namibe, em Angola, vai ter (isto é…) seis novas barragens, num investimento estimado de 800 milhões de dólares, de acordo com um projecto apresentado pelo Instituto Nacional de Recursos Hídricos (INRH). De acordo com o órgão oficial do MPLA, Jornal de Angola, o projecto, apresentado na cidade de Moçâmedes, capital da província, prevê a construção de seis barragens nos principais rios do Namibe, com o objectivo de atenuar os efeitos da seca naquela região angolana. Num investimento estimado de 800 milhões de dólares (cerca de 735 milhões…

Leia mais

(Não) basta pescar. Peixe e incompetência não faltam

Trinta e cinco mil toneladas de pescado diverso (sobretudo sardinha) foram capturadas no primeiro semestre de 2019 na província de Benguela, contra as 26.600 de igual período do ano transacto, uma evolução de 24 por cento, revela a Angop, citando o chefe de departamento do Gabinete Provincial das Pescas, Francisco Morais. Francisco Morais deu a conhecer que, com uma orla de quase 200 quilómetros de extensão, equivalentes a 105 milhas náuticas, a província está servida por uma frota composta por 25 embarcações industriais e 2.044 do tipo artesanal. As unidades…

Leia mais

O espelho da navegação à vista no gás e no petróleo

Os contratos de concessão dos dez blocos petrolíferos nas bacias do Namibe e Benguela vão permitir aos operadores explorar o gás natural encontrado, afirmou hoje em Londres a administradora da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG), Natacha Massano. “O s novos contratos vão permitir aos operadores explorar o gás encontrado”, afirmou aos jornalistas, à margem de uma apresentação a potenciais investidores das concessões, que deverão começar a receber propostas de exploração em Outubro. Até à entrada em vigor do decreto 7/18 publicado em Maio do ano passado, todo…

Leia mais

Abram alas a sua excelsa majestade o rei petróleo

Certamente para apostar na diversificação económica, o verdadeiro “calcanhar de Aquiles” de Angola, o Governo admite vir a lançar concessões petrolíferas extraordinárias, desde que “devidamente fundamentadas”, disse hoje o ministro dos Petróleos, Diamantino Pedro Azevedo, reafirmando o compromisso do executivo com o aumento da produção de hidrocarbonetos. Diamantino Pedro Azevedo, que falava em Luanda na abertura da licitação das concessões petrolíferas das bacias de Benguela e do Namibe, assinalou que a estratégia governamental para o sector prevê a possibilidade de “lançar extraordinariamente” licitações não constantes do calendário previamente definido. Terão…

Leia mais

Namibe, a seca e a fome

Bem mais do que um milhão de angolanos estão a ser afectados gravemente pela seca que perdura no sul do país, alertou um responsável do Programa de Fortalecimento da Resiliência e da Segurança Alimentar e Nutricional em Angola (FRESAN) que é um projecto que se enquadra na convenção de financiamento assinado entre a União Europeia e Angola para apoio às províncias mais afectadas pela seca e ameaçadas pelos efeitos das alterações climáticas, nomeadamente o Cunene, Huíla e Namibe. Tal como os portugueses queriam vender limpa-neves para Luanda, talvez os árabes,…

Leia mais

Seca? Fome? Onde?

Hoje o Presidente da República (acompanhado pelo Presidente do MPLA e pelo Titular do Poder Executivo), João Lourenço, constatou (isto é como quem diz!) os efeitos da seca na comuna do Curoca, município do Tombwa (Namibe), no quadro da visita de algumas horas a essa província do litoral sul do país. “A creditamos nos resultados positivos da visita do Presidente João Lourenço à comuna do Curoca”, referiu a propósito o administrador comunal, Alexandre Nyuca, salientando ter recebido orientações específicas, pelo que disse esperar que a situação da seca na comuna…

Leia mais

Como se já não bastasse
a seca da incompetência!

Mais de um milhão de angolanos estão a ser afectados gravemente pela seca que perdura há quase dois anos no sul do país, alertou um responsável do Programa de Fortalecimento da Resiliência e da Segurança Alimentar e Nutricional em Angola (FRESAN). Tal como os portugueses queriam vender limpa-neves para Luanda, talvez os árabes nos possam vender (a bom preço, é claro!) um sistema de transformação da areia do deserto do Namibe em… água, ou uma versão do já aprovado método de dessalinização. Segundo um estudo do FRESAN, a situação de…

Leia mais