Génio divino, obra de Deus!

“Os males a corrigir, e não só, mas sobretudo a combater, são a corrupção, o nepotismo, a bajulação e a impunidade, que se implantaram no nosso país nos últimos anos e que muitos danos causam à nossa economia, afectam a confiança dos investidores, porque minam a reputação e credibilidade do país”, disse João Lourenço. E, para combater esta praga, o Presidente decretou a institucionalização do primado da subserviência, a obrigatoriedade de coluna vertebral… amovível e a transladação do cérebro dos seus acólitos para uma zona do corpo mais apropriada com…

Leia mais

Internet… potável!

O ministro das Telecomunicações Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, defendeu, em Luanda, a promoção do acesso à Internet em todos os estratos sociais e em todo o país. Embora dê jeito haver electricidade, crê-se que o Governo a vá tornar “potável” através de ligação a candeeiros a petróleo ou a velas de cera… Por todos os cantos e esquinas do país multiplicaram-se as manifestações de júbilo e elogios à tese de Manuel Homem. A população dos Gambos, por exemplo, e daquelas localidades do Cuando Cubango, onde, só…

Leia mais

Parecer não chega para se ser um Estado… de Direito

O Ministério da Economia e Planeamento angolano quer desenvolver, até ao final de 2020, um guia para investidores, destacando oportunidades nas fileiras prioritárias identificadas pelo Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição de Importações (Prodesi). O que anda a fazer, há 45 anos, o MPLA? Anda a dizer que um dia vai “melhorar o que está bem e corrigir o que está mal”. “E m concreto, serão identificados um conjunto de oportunidades de investimento em infra-estruturas, que poderão constituir projectos de parcerias público-privadas, nas áreas de energia…

Leia mais

Da luta séria à demagogia para derrotar o Covid

A 20 de Abril o Presidente de Madagáscar, Andry Rajoelina (foto), lançou um produto para a prevenção e cura da Covid-19, ainda que a sua eficácia não tivesse sido objecto de qualquer estudo científico publicado. O chefe de Estado assegurou, no entanto, que “foram realizados testes” e que “duas pessoas foram curadas com este tratamento”. “E ste chá de ervas dá resultados em sete dias”, afirmou o Presidente junto de ministros, embaixadores e jornalistas no Instituto Malgaxe de Investigação Aplicada (IMRA, na sigla inglesa), que desenvolveu a bebida. O Presidente…

Leia mais

Neto herói, Santos Diabo, Lourenço Deus?

Recentemente o MPLA emitiu um repúdio com veemência, contra o jornal “Folha 8”, pela publicação de um texto em que associava-se a figura de Agostinho Neto às figuras consideradas defensoras da escravatura. O “Folha 8” escreveu: «Vários países estão a retirar dos espaços públicos as estátuas de assassinos, ditadores e defensores da escravatura. Em Angola está a demorar muito para que isso aconteça». Por Joaquim H. Humberto Mas perturba-nos a posição hipócrita do regime contra uma vulgarização da imagem de Neto, por acaso há alguém de memória supérflua que não…

Leia mais

Cabeças de lama rolando nas pedras

O jornal de Angola do MPLA, uma filial da ERCA do Adelino Almeida, num rasgo que só pode ser de comédia pateta, agora vem a público dar lições do que é democracia e liberdade de expressão? O jornal de Angola do MPLA que propagandeou a decisão do assassino Agostinho Neto para o MPLA iniciar uma guerra civil e mandar o MPLA fuzilar dezenas de milhar de angolanos, sem julgamento prévio, para impor uma ditadura marxista-leninista fracassada, quer dar aulas do que é democracia e liberdade de expressão? Por Domingos Kambunji…

Leia mais

JES foi o maior…

A edificação da democracia na República (Popular) de Angola deveu-se à estratégia e virtude do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, em perdoar adversários políticos, inserindo-os nos vários domínios da vida do país. Quem o disse foi, em 2015, o nacionalista Luís Neto Kiambata. Por Orlando Castro “N acionalista”? Sim, claro. Nacionalistas são todos aqueles que – de acordo com as leis do regime (que se sobrepõem à própria Constituição) – fazem a apologia do poder divino e da sabedoria eterna do “grande líder”, do “escolhido de Deus”. Luís…

Leia mais

É fartar vilanagem!

O Presidente da República, certamente depois de auscultar o seu homólogo do MPLA e o Titular do Poder Executivo, autorizou uma despesa de 44,7 milhões de dólares para empreitada de construção do Edifício Sede da Comissão Nacional Eleitoral (CNE) e do Centro de Escrutínio Nacional, com a empresa Mitrelli Group, Ltd, diz o despacho 84/20 de João Lourenço. João Lourenço delega competências ao “director do Gabinete de Obras Especiais (GOE), para a aprovação das peças do procedimento contratual, verificação da validade e legalidade de todos os actos subsequentes praticados no…

Leia mais

Multi(re)plicar promessas

Angola prevê ter concluído em Novembro o Polo de Desenvolvimento Diamantífero de Saurimo, um investimento de 68 milhões de euros que está a ser construído na província da Lunda Sul, contando com quatro fábricas de lapidação de diamantes. Na ausência de racionalidade económica, o Governo anuncia o que já fora anunciado, acrescenta-lhe umas vírgulas e, assim, vende gato por lebre. A estrutura foi aprovada pelo despacho presidencial nº36/19, de 25 de Março, foi apresentado hoje, em Luanda, numa cerimónia presidida pelo ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás angolano. Em…

Leia mais

Promessas são as mesmas,
a incompetência também!

O ministro de Estado para a Coordenação Económica, Manuel Nunes Júnior, afirma que o aumento da produção nacional continua a ser o foco do Governo, para mudar definitivamente a estrutura económica ainda dependente do petróleo, daí a aposta na construção de estradas. É mais uma anedota e, no caso, já tem barbas. Há décadas que o MPLA diz a mesma coisa. Segundo o ministro, que falava na cerimónia de passagem de pastas no agora Ministério das Obras Públicas e Ordenamento do Território, resultado da fusão dos dois departamentos ministeriais (Construção…

Leia mais