É muita… Cuca!

Luísa Damião, vice-presidente do MPLA e séria concorrente em matéria de debilidade intelectual de João Pinto e Luvualu de Carvalho, disse hoje que não há perseguição política à empresária Isabel dos Santos, por causa do caso Luanda Leaks, e também que não há justiça selectiva em Angola. Patrão mandou, sipaio repetiu. “Pensamos que não há perseguição política e nem há justiça selectiva, porque a prática mostra todos os dias que nós estamos a combater vários focos de corrupção, não só no topo da pirâmide, mas também na base”, disse Luísa…

Leia mais