Os bons e os…

Faleceu na manha desta quarta-feira, em Luanda, aos 67 anos de idade, o músico Carlos Burity. Encontrava-se doente há já algum tempo. Na segunda-feira falecera Waldemar Bastos. “Se Deus tivesse uma voz seria a de Waldemar Bastos”, disse a cantora portuguesa Dulce Pontes. Por sua vez o MPLA rejeitou a propostas da UNITA para o Parlamento prestar uma homenagem a Waldemar Bastos. Carlos Fernandes Burity Gaspar nasceu em Luanda, no dia 14 de Novembro de 1952, e viveu parte da adolescência no Moxico onde integrou, em 1968, a formação pop-rock…

Leia mais

Só no MPLA o poder faz um anão crescer e ser gigante

Em Setembro de 2014 José Eduardo dos Santos exonerou o governador provincial de Luanda, Bento Francisco Bento, e mais dois dos três vice-governadores da capital. Em linguagem popular, mudou as moscas mas deixou a boiar a matéria putrefacta que as alimenta. Quase cinco anos depois, o país tem novas moscas mas o que está a boiar na nossa sociedade é a mesma matéria. Por Orlando Castro Que então as coisas na capital, tal como no país, não estavam bem, todos sabiam. Mas não estavam como continuam a não estar. Remendando…

Leia mais

De derrota em derrota
até à derrota final

1. É uma vergonha o regabofe partidocrata. Vergonha se, convenhamos, os artistas (quase todos fraca qualidade) da nossa praça souberem o que isso significa. Por alguma razão existe um provérbio que nos recorda de que “quem não tem vergonha, todo o mundo é seu”. Mas é pena. Os protagonistas principais deveriam ser os primeiros, à luz da dignidade e da honra de ser servidor público, a dar o exemplo certo. Não o fizeram, não o fazem, não o farão. Por William Tonet 2. Sou impotente, mas consciente, ao ponto de…

Leia mais

Gigantes pigmeus lusófonos

As nove economias dos países da CPLP valem cerca de três biliões de dólares (2,7 biliões de euros), com Brasil e Guiné Equatorial em recessão, e Moçambique e Angola a sofrerem um forte abrandamento. Sobre Portugal, o único país europeu do grupo lusófono, as previsões do Fundo Monetário Internacional (FMI) apontam para um crescimento de 1% este ano e uma ligeira aceleração para 1,1% em 2017 O FMO, na actualização deste mês ao ‘World Economic Outlook’, antecipa uma recuperação económica no Brasil em 2017, ano em que o crescimento da…

Leia mais