DE GENERAL PARA GENERAL, PITTA GRÓZ SEMPRE!

O plenário do Conselho Superior da Magistratura do Ministério Público propôs ao Presidente da República de Angola, João Lourenço, o que foi determinado pelo Presidente do MPLA, João Lourenço, a recondução no cargo de procurador-geral da República (PGR) do general Hélder Pitta Gróz, para um mandato de cinco anos. e acordo com as deliberações saídas da primeira sessão extraordinária realizada no dia 16 deste mês, o nome do general Hélder Pitta Gróz foi também proposto para mais um mandato como presidente do Conselho Superior da Magistratura do Ministério Público (CSMMP).…

Leia mais

POIS CLARO, TODAVIA, NÃO OBSTANTE…

O Procurador-Geral da República de Angola, general Hélder Pitta Gróz, prometeu hoje o que lhe disseram para prometer, ou seja que o processo contra Isabel dos Santos vai avançar, mesmo que a empresária não preste declarações no âmbito do mandado de detenção internacional pedido pelas autoridades de Angola. élder Pitta Gróz, que falava em Luanda à margem de uma reunião do Conselho de Direcção, afirmou que desconhece (seria de estranhar que conhecesse o que todos conhecem) o paradeiro da filha do ex-presidente José Eduardo dos Santos, e disse que foram…

Leia mais

GRÓZ ACUSA ISABEL, CARLOS COSTA ACUSA ANTÓNIO COSTA

O general Hélder Pitta Gróz, nas vestes de Procurador-Geral da República do MPLA (Angola), disse hoje que a indisponibilidade de Isabel dos Santos para prestar declarações ao que ele chama de à Justiça tem atrasado os processos judiciais, frisando que foram dadas “todas as oportunidades” à empresária. Será para rir? Será para chorar? Não. É apenas para inglês ver. Para juntar à festa, o ex-governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, acusa o primeiro-ministro socialista de Portugal, António Costa, de o ter pressionado para segurar Isabel dos Santos na Administração…

Leia mais

ISABEL DOS SANTOS? FALTA QUASE PARA… POUCO

O procurador-geral da República de Angola, Hélder Pitta Gróz, disse hoje que a ausência da empresária Isabel dos Santos do país está a dificultar o andamento dos processos em curso contra ela. Que coisa mais chata. Ela bem podia facilitar as coisas e até, se não fosse pedir muito, apresenta-se com uma corda ao pescoço. “O processo está numa fase de investigação criminal, que é uma fase secreta, portanto partilhamos só com os advogados, quando necessário, e está a ser feito trabalho internamente, não é ético da nossa parte estar…

Leia mais

Acção de propaganda da PGR

Para tentar aliviar as críticas, sobretudo internacionais, o procurador-geral da República de Angola, general Hélder Pitta Gróz, anunciou uma manobra de diversão consubstanciada com a divulgação de que foi instaurado um processo-crime para apurar responsabilidades das mortes nos incidentes do passado dia 30 de Janeiro na vila mineira de Cafunfo. Segundo o Jornal de Angola (órgão oficial do MPLA), o anúncio foi feito na quinta-feira, no Lubango (Huíla), à margem do encerramento da primeira reunião anual de balanço das actividades desenvolvidas pela Procuradoria-Geral da República na Região Judiciária Sul. O…

Leia mais

O corrupto testa-de-ferro do PGR de Angola

Os processos-crime abertos pela Procuradoria-Geral da República contra diversas individualidades que contribuíram para a depredação desbragada e amoral do erário nacional têm trazido alento a diversos sectores da sociedade angolana que, antes cépticos em relação ao discurso anticorrupção de João Lourenço, reconhecem agora haver um combate tanto contra a corrupção como contra o peculato, o tráfico de influências e outros males que levaram Angola ao marasmo económico-financeiro. Por Nuno Álvaro Dala Neste sentido, e por inerência de funções, o Procurador-Geral da República, Hélder Fernando Pitta Gróz, tem-se apresentado como o…

Leia mais

Re(in)volução na Justiça

O Procurador-Geral da República, general Hélder Pitta Gróz, considerou hoje, em Luanda, que o sector da justiça está a viver um momento de transcendente importância, com a materialização da reforma desse ramo em curso no país. Será? Ou vamos ver cabritos defeituosos porque a mãe-cabra foi demasiado apressada na parição? Hélder Pitta Gróz, que falava durante a tomada de posse da nova direcção do sindicato dos magistrados do Ministério Público, afirmou que a reforma é um objectivo a atingir para que o cidadão possa ter acesso à justiça facilitado. Na…

Leia mais