Zâmbia escolheu outro… presidente

O Presidente da Zâmbia, Edgar Lungu, admitiu hoje a derrota nas eleições presidenciais, num discurso em que felicitou o rival de longa data, Hakainde Hichilema (na foto), homem de negócios de 59 anos, pela vitória eleitoral. “Quero felicitar o meu irmão, Hakainde Hichilema, presidente eleito, que se torna o sétimo Presidente da República” da Zâmbia, disse Lungu, que governa o país desde 2015. Lungu deixou um agradecimento aos zambianos “pela oportunidade” de ter ocupado a Presidência. “Procurei servir o meu país da melhor forma que me foi possível”, acrescentou. A…

Leia mais

Preferencialmente quando o rei quiser

De acordo com a remendada Constituição, as eleições gerais em Angola realizam-se, “preferencialmente, durante a segunda quinzena do mês de Agosto” do ano em que terminam os mandatos do Presidente da República e dos deputados, cabendo ao Presidente da República definir a data. Por Orlando Castro Como preferencialmente não significa imperativo, em Angola haverá eleições (autárquicas e outras) apenas quando o MPLA quiser, mesmo que o país pense de outra forma. A cada dia que passa, João Lourenço e a sua máquina de guerra (o MPLA) mostram que, tal como…

Leia mais

Génios aMPLAmente (in)competentes

A Polícia do MPLA (eufemisticamente chamada “angolana”) impediu hoje uma manifestação de jovens activistas, em Luanda, que pretendiam “exigir alternância política” em Angola. Que melhor alternativa é que os jovens poderão querer quando o país tem o mesmo partido no governo apenas há… 45 anos? No local esteve um grande dispositivo policial com vários meios, incluindo brigada canina e cavalaria, e foram erguidas barricadas de pneus incendiados nas estradas, com os serviços de bombeiros chamados a extinguir o fogo. Os propósitos e motivações desta marcha, que devia culminar a 100…

Leia mais

Recado a ditadores

No seu primeiro discurso de aniversário da implantação da República em Portugal, em 5 de Outubro último, o presidente Marcelo Rebelo de Sousa usou palavras fortes e inequívocas para definir a essência do poder republicano em Democracia. Por Mário Crespo (*) Numa linguagem extremamente clara e directa, o Rebelo de Sousa fez notar que “todo o poder é temporário” e que, em República e em Democracia, ele só pode mesmo ser temporário. Para o líder português, essa limitação temporal é o cerne da mensagem ética que sustenta o conceito de…

Leia mais

MpD conquista maioria absoluta em Cabo Verde

O Movimento para a Democracia (MpD), liderado por Ulisses Correia e Silva (foto), venceu hoje com maioria absoluta às eleições legislativas em Cabo Verde, conquistando 53,7% dos votos. , segundo os resultados oficiais provisórios. O PAICV, até agora no poder, obteve 81.319 votos (37%). AUnião Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) é a terceira força mais votada, com 15.380 votos (7%). Em termos de deputados, quando ainda faltam distribuir oito vagas, MpD tem eleitos 36 deputados, o PAICV 25 e a UCID conseguiu três lugares. A abstenção registada situou-se nos 33,2%.…

Leia mais