Balanço da “Operação Cacimbo”

As autoridades policiais angolanas detiveram 2.735 pessoas, de Julho à presente data, no âmbito de uma operação, denominada “Cacimbo”, realizada para combater o aumento da criminalidade no país, com destaque para os homicídios. Isto já para não falar dos criminosos dos 400 parafusos da linha do Caminho-de-Ferro de Luanda. Os resultados da operação iniciada em 2 de Julho passado e que deverá terminar em Setembro, foram hoje apresentados pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), que resolveu levar a cabo esta acção depois de analisados os dados estatísticos dos níveis de…

Leia mais

Se intimidar não for suficiente…

O jornalista da Emissora Católica angolana Óscar Tito vai ser interrogado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) por alegados crimes de “calúnia e difamação” ao ex-presidente da Comissão Provincial Eleitoral (CPE) do Cuanza Sul, após noticiar demissão do queixoso. A Emissora Católica noticia hoje que o seu jornalista, destacado na província do Cuanza Sul, foi intimado a comparecer na quinta-feira, 19 de Agosto, nas instalações da PGR junto do Serviço de Investigação Criminal (SIC), daquela província na sequência de uma notificação datada de 14 de Dezembro passado. Segundo o jornalista, a…

Leia mais

Sem “autorização“ do MPLA, Facebook acelera em África

O gigante tecnológico Facebook anunciou hoje que vai alargar o cabo submarino em África com ligações directas a Angola, Nigéria, Seicheles e Comores, procurando aumentar a rapidez da Internet no continente. De acordo com a agência de informação financeira Bloomberg, o Facebook, a empresa de telecomunicações chinesa China Mobile e o Grupo MTN vão construir um cabo submarino mais abrangente do que o inicialmente previsto, que se junta à ligação recentemente anunciada às Ilhas Canárias, trazendo uma ligação directa a 35 países em vez dos 26 inicialmente anunciados. “O investimento…

Leia mais

MPLA com os dias contados

O Conselho de Ministros aprovou, na sua sétima sessão ordinária, a criação da Comissão Multissectorial de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil. Perante isto, os sipaios da RNA não têm dúvidas: «Trabalho infantil em Angola com dias contados”. Faz lembrar os outros sipaios, do Jornal de Angola, que em 2012 diziam: «Malária em Angola em vias de extinção». Para erradicação do trabalho infantil em Angola os ministérios da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social e da Acção Social, Família e Promoção da Mulher fazem o que tem sido o diapasão…

Leia mais

“É preciso investir mais na Saúde”

O Presidente João Lourenço felicitou no dia 4 de Agosto de 2019 o médico angolano Filomeno Fortes pela sua eleição como director do Instituto de Higiene e Medicina Tropical (IHMT) de Portugal. (Quase) todos os angolanos – mesmo os que o MPLA não considera angolanos – se juntaram às felicitações. Filomeno Fortes dá hoje uma entrevista ao Jornal de Angola onde, espante-se, afirma que “é preciso investir mais na Saúde”. Quem diria? Numa nota postada na sua conta Twitter, o chefe de Estado angolano, igualmente Presidente do MPLA (partido no…

Leia mais

O VIH/Sida no (con)texto da propaganda

O Governo angolano anunciou hoje a revisão da Lei sobre o VIH/Sida, visando “adequá-la ao actual contexto” e “responder às actuais queixas sobre discriminação”, sobretudo no seio laboral, com as empregadas domésticas entre as principais vítimas. Eis o MPLA a lembrar-se que o país é mais, muito mais, do que o umbigo dos seus dirigentes. “Esta lei tem que ser actualizada, revista de acordo com o contexto, tem que ser adequada ao contexto actual e gostaríamos que até ao fim do ano consigamos meter já à aprovação no parlamento”, afirmou…

Leia mais

Sete voluntários portugueses partem em missão para Angola

Sete jovens voluntários portugueses partiram hoje para Angola, numa missão de um mês, depois de dois anos em formação com o Serviço Diocesano de Animação Missionária de Aveiro (SDAM). “Foi preciso esforço e dedicação, tentar nunca faltar e mantermo-nos firmes, éramos para ir no ano passado, devido à pandemia não foi possível, e a persistência foi muito importante porque sabemos que há alguém à nossa espera”, explica Isa Rosa à Agência ECCLESIA, falando antes da partida. A jovem estudante de Ensino Básico, na Universidade de Aveiro, conheceu o SDAM e…

Leia mais

Casar e engravidar é um saralho do carilho

A secretária de Estado para a Família e Promoção da Mulher angolana, Elsa Barber (foto), não só inventou a pólvora como descobriu a fórmula da pedra filosofal. Hoje louvou os “notáveis progressos” de muitos países africanos em prol dos direitos da mulher, apontando no entanto os casamentos e gravidezes precoces como “barreiras” ao desenvolvimento. É obra. Elsa Barber, que falava em Luanda num seminário sobre os direitos humanos da mulher em África, considerou que a igualdade de género continua a preocupar, face às disparidades entre mulheres e homens, não obstante…

Leia mais

Comunicado da SOS Habitat sobre a comunidade da Areia Branca

«A SOS Habitat – Acção Solidária, condena a situação degradante e desumana pelo que vivem as mais de 500 famílias da comunidade da Areia Branca depois de na passada quarta-feira 28 e Julho do ano em curso ter atingido pelo fogo que consumiu mais de 150 casas de chapas aglomerada no meio de duas valas de drenagem. ARTIGO 21º. da CRA (Tarefas fundamentais do Estado) b) Assegurar os direitos, liberdades e garantias fundamentais; c) Criar progressivamente as condições necessárias para tornar efectivos os direitos económicos, sociais e culturais dos cidadãos;…

Leia mais

Seca não pode acabar (os ladrões precisam dela)

Em Angola, cerca de 3,5 milhões de pessoas, tal como os mais de 20 milhões de pobres, estão a ser afectadas pela crónica e ancestral (quase 46 anos de governação) incompetência do MPLA. Agora, segundo em representante do Programa Alimentar Mundial (PAM) no país, a seca, a pior dos últimos 40 anos, que já forçou a deslocação de quase mil pessoas, abalroa a sobrevivência das tais 3,5 milhões de autóctones. Michele Mussoni, que dirige o escritório daquela agência das Nações Unidas, adiantou que a seca atingiu não só as províncias…

Leia mais