POVO “ESGOTA” COMIDA COM MEDO DO QUE PODE VIR

O receio de instabilidade pós-eleitoral em Angola, devidamente propalada pelo MPLA com as referências à cabidela, aos burros, aos bandidos e aos lúmpenes (para além do risco de lavarmos no focinho como prometeu o general Francisco Furtado), mais que duplicou a procura nos estabelecimentos comerciais em Luanda, com enchentes de populares ávidos em garantir alimentos no dia que antecede as quintas eleições angolanas. Frescos, arroz, óleo e massa alimentar são os produtos com mais saída nos diversos armazéns e estabelecimentos comerciais da capital angolana, onde os gestores das superfícies garantem…

Leia mais

MPLA DESCOBRE FÓRMULA PARA OS POBRES VIVEREM SEM COMER

Não perguntem o que o MPLA pode fazer por vós, mas sim o que vocês podem fazer pelo MPLA. Esta frase, dita para os EUA, que a história atribui a John F. Kennedy, afinal parece ter outro “pai”, como estava para ser demonstrado pelo ex-ministro da Cultura (Turismo e Ambiente) do MPLA, Jomo Fortunato. A dúvida estava apenas em saber se o autor era o actual Presidente do MPLA, ou o actual Presidente da República ou, ainda, o actual Titular do Poder Executivo. Reconheça-se que o actual MPLA está com…

Leia mais

MPLA CONTINUA A PRENDER JORNALISTAS

O secretário-geral do Sindicato dos Jornalistas Angolanos (SJA), Teixeira Cândido, lamentou e condenou a retenção por algumas horas de um repórter que iria cobrir uma marcha, questionando a actuação da polícia, que afirma ter sido um equívoco. Jornalistas que não procuram saber o que se passa são imbecis, e os que sabem o que se passa e se calam são criminosos. Em declarações à Lusa, Teixeira Cândido salientou que o jornalista Coque Mukuta, correspondente da Voz da América, estava devidamente identificado e nada o impedia de estar a captar imagens…

Leia mais

A EDUCAÇÃO PATRIÓTICA DA PGR E DA CNE

A Procuradoria-Geral da República (PGR) angolana “está a monitorar o país” e tem registado crimes eleitorais, nomeadamente “furto de bandeiras e queima de material de propaganda” de diversos partidos, que têm merecido resposta dos órgãos judiciais, disse fonte oficial. Segundo o vice-procurador-geral, Mota Liz, a PGR tem estado a monitorar o país em relação à prática de determinados crimes, sobretudo nesta fase de campanha eleitoral, e o “furto de bandeiras e a queima de material de propaganda” dos partidos lideram as ocorrências. “Além de outros crimes que têm estado a…

Leia mais

ESPERANÇA DE VIDA CRESCE… MAS POUCO

A esperança de vida saudável em África cresceu 10 anos na última década, excedendo a média global e o progresso em qualquer outra região nesse período, anunciou hoje o escritório da Organização Mundial de Saúde (OMS) em África. A esperança de vida saudável na região “aumentou quase 10 anos, situando-se em 56 anos em 2019, em comparação com 46 anos no ano 2000”, disse a directora regional assistente da OMS África, Lindiwe Makubalo, citando o novo relatório da OMS sobre o Estado da Saúde em África. O ganho excede a…

Leia mais

… E A CULPA É, SÓ PODE SER, DA UNITA!

A organização que promoveu a passeata de motoqueiros em Luanda de apoios ao MPLA e que terminou, no sábado, com actos de vandalismo, garante que as promessas de gratificação foram cumpridas e aponta “infiltrados” como causadores dos distúrbios. É o habitual. No passado sábado, cerca de 14 mil motoqueiros foram recrutados para uma passeata em Luanda, a fim de “enaltecer os feitos do Presidente João Lourenço”, uma iniciativa que acabou por ficar marcada por distúrbios em vários pontos da cidade, incluindo a zona turística da Ilha do Cabo e as…

Leia mais

CONCERTAÇÃO SOCIAL? GOVERNO NÃO TEVE TEMPO!

O Conselho Nacional de Concertação Social angolano não se reuniu nos últimos cinco anos, condição que viola a Convecção 144 ratificada pelo Governo angolano e preocupa os seus membros por falta de informação sobre as políticas sociais. Querem ver que ainda há quem julgue que Angola é um Estado de Direito? Em declarações à Lusa, o secretário-geral da Confederação Geral dos Sindicatos Independentes e Livres de Angola (CGSILA) referiu desconhecer os motivos que levaram a não se realizar qualquer reunião entre 2017 e 2022, frisando que as questões do país…

Leia mais

FUNERAL (DIGNO) SIM… DEPOIS DAS ELEIÇÕES

Os filhos mais velhos do ex-Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, comprometem-se a colaborar na realização de um funeral nacional, mas só após as eleições de 24 de Agosto e pedem um mausoléu para acolher os restos mortais. Numa carta subscrita por cinco dos seus descendentes (Isabel, José Filomeno “Zenu”, Welwitschea “Tchizé”, Joess e José Eduardo Paulino “Coreon Dú”), os filhos do antigo Presidente da República expressam “profunda gratidão ao povo de Angola” e a todos os que partilham a sua tristeza, pedindo respeito pelo luto. “Seja qual for o…

Leia mais

MORTE NATURAL, MAS…

O resultado preliminar da autópsia feita, em Espanha, ao antigo Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, aponta para uma morte por causas naturais, mas defende a necessidade de mais exames, disse uma fonte judicial. Os resultados preliminares da autópsia feita a José Eduardo dos Santos durante o fim-de-semana mostram uma “insuficiência cardíaca” e uma grande infecção pulmonar, mas no relatório entregue à família salienta-se que é preciso complementar esta primeira informação com mais exames antes de uma conclusão definitiva, explicou a fonte judicial. O resultado preliminar afasta, pelo menos…

Leia mais

VELÓRIO SEM CORPO NÃO É VELÓRIO

Velório significa “vigília feita a um defunto”. Não havendo defunto, mas apenas uma fotografia dele, não há velório. Existe, apenas, uma cerimónia fúnebre. Foi isso que hoje aconteceu em relação a José Eduardo dos Santos, ex-presidente angolano, que morreu na sexta-feira em Barcelona, e que decorreu em Luanda num ambiente contido, na presença de centenas de militantes do MPLA, fiéis de igrejas e alguns anónimos. Depois da cerimónia institucional de hoje de manhã, em que o Presidente da República, João Lourenço, prestou homenagem ao seu antecessor, as portas do Memorial…

Leia mais