Quem vos viu, bananas!

Angola é o maior produtor africano de banana e sétimo no mundo com uma oferta de 4,4 milhões de toneladas, de acordo com a mais recente tabela do Fundo das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO). Em 1973, Angola era o primeiro produtor mundial de bananas, através da província de Benguela, nos municípios da Ganda, Cubal, Cavaco e Tchongoroy. Só nesta região produzia-se tanta banana que alimentou, designadamente a Bélgica, Espanha e a Metrópole (Portugal) para além das colónias da época Cabo-Verde, Moçambique, Guiné-Bissau e São Tomé e…

Leia mais

Seremos bananas?

Às vezes tento fazer um exercício mental e especular como poderia ter sido, como poderá ser, como poderá ter sido ou como poderá vir a ser e a não ser o Futuro (e já agora o Condicional Futuro – o próximo e o convencional) esperando nunca ter que usar o Passado Recente do Condicional do Futuro. Confuso? Por Brandão de Pinho Também eu fiquei quando reli o que escrevi num ímpeto e de um fôlego mas garanto que faz sentido. Infelizmente no que diz respeito as Angola faz todo o…

Leia mais

República das bananas
ou um Estado de Direito?

Isabel dos Santos arrasa no seu mais recente comunicado, ontem divulgado e que o Folha 8 publicou na íntegra, não só o actual Presidente do Conselho de Administração da Sonangol, Carlos Saturnino, como – indirectamente – o Presidente da República e Titular do Poder Executivo, João Lourenço. As afirmações de Isabel dos Santos são, na verdade, um xeque-mate a Carlos Saturnino e um xeque a João Lourenço. Trata-se, aliás, de um documento que tem, entre outras, a especial virtude de pôr à prova Angola como um Estado de Direito. Se…

Leia mais