Academias dão para tudo…

Uma academia para formação e capacitação de jovens empreendedores “com iniciativas inovadoras e negócios com potencial de crescimento”, que se propõe também a “apoiar os jovens na constituição de microempresas”, foi inaugurada hoje em Luanda. A Academia do Empreendedor de Luanda (AEL), localizada no município do Talatona, sul da capital angolana, e com capacidade para 250 alunos em três turnos, foi inaugurada pela governadora da província de Luanda, Joana Lina. A EAL, que conta com o apoio do Instituto Nacional do Emprego e Formação Profissional (Inefop), vai capacitar jovens nos…

Leia mais

Mais uma estrela… à espera de luz

O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) financiou, desde 2019, 42 projectos de investigação científica em Angola orçados em 2,6 milhões de dólares (2,1 milhões de euros), incluindo dois relacionados com a Covid-19, anunciou o Governo angolano. A ministra do Ensino Superior, Maria do Rosário Sambo, que falava na cerimónia de proclamação da Academia Angolana de Ciências (AAC), em Luanda, reconheceu que a falta de financiamento efectivo à ciência constitui a maior fraqueza da implementação da política e da estratégia nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação. Para colmatar esta “grave lacuna”,…

Leia mais

Ainda falta erradicar as sequelas do colonialismo?

O Presidente da República, João Lourenço, solenemente acompanhado (como nunca poderia deixar de ser) pelo Presidente do MPLA e Titular do Poder Executivo, inaugurou hoje a Academia de Ciências Sociais e Tecnologias, uma instituição de ensino superior pública, que custou ao Estado 72,9 milhões de dólares, 90% dos quais financiados pelo Eximbank da China. Como dizia Agostinho Neto (em 1977), as nossas universidades devem “estar ao serviço da revolução e constituir um dos factores de combate às sequelas do colonialismo e para a implantação de uma democracia popular…” O empreendimento…

Leia mais

União de facto (ou de fato)
no Acordo Orto… gráfico

A Academia Angolana de Letras (AAL) pediu hoje ao Governo que não ratifique o Acordo Ortográfico (AO), perante os “vários constrangimentos identificados” no documento, que necessita de uma revisão. A decisão foi apresentada pelo reitor da Universidade Independente de Angola e membro da AAL, Filipe Zau, numa conferência de imprensa em que, pela primeira vez, a Academia, criada oficialmente em Setembro de 2016 e que conta com 43 membros, tomou uma posição pública sobre o Acordo Ortográfico, apresentado em 1990. “Recomendamos a todos os Estados [membros da Comunidade dos Países…

Leia mais

À espera de um Nobel

Na próxima sexta-feira, dia 7, será anunciado o vencedor do Nobel da Paz 2016. Mais uma vez a Academia Sueca esqueceu-se do mais alto representante divino para a civilização moderna, sua majestade o rei de Angola, José Eduardo dos Santos. Lamentável. Por Norberto Hossi Ao excluírem mais uma vez o “escolhido de Deus”, a revolta vai instalar-se no regime e as repercussões mundiais serão graves. Todos sabemos que quando regime angola espirra, o mundo apanha uma grave pneumonia. O MPLA através dos impolutos órgãos de comunicação social do regime, nomeadamente,…

Leia mais

Primeira Academia do Sporting em África será na banda

Primeira Academia do Sporting em África será na banda - Folha 8

A primeira Academia do Sporting Clube de Portugal em África vai ser construída em Angola, uma infra-estrutura que vai albergar dois campos de futebol e instalações de apoio, foi hoje anunciado em Luanda. U ma nota do Fundo Viana de Fomento Empresarial distribuída hoje à imprensa refere que a primeira pedra para a construção da academia será lançada, na sexta-feira, pelo presidente do clube português, Bruno de Carvalho, que chega quinta-feira a Luanda. O documento adianta também que a obra, a ser erguida no complexo World Trade Centre, ficará pronta…

Leia mais