Remodelação “circense”
para entreter o… Povo!

O analista político angolano Herlander Napoleão desvalorizou o impacto da remodelação governamental, anunciada pelo Presidente de Angola, Presidente do MPLA e Titular do Poder Executivo, João Lourenço, falando mesmo de “medidas circenses para entreter a população”. “E sta pandemia do coronavírus deixa Angola, e não só, todos os Estados mundiais, numa posição de vulnerabilidade. E sempre que o Governo angolano está envolvido em alguma polémica e em alguma contestação social, há sempre que criar medidas circenses para entreter a população”, afirmou em declarações à Lusa o também professor universitário Herlander…

Leia mais

Se “haver” necessidade há
mais néscios de… joelhos!

Adalberto da Costa Júnior, presidente da UNITA, maior partido da oposição que o MPLA ainda permite em Angola, afirmou hoje que a remodelação do Governo angolano, embora profunda, deixou de fora um sector estratégico como a economia e considerou que o excesso de mudanças revela “insegurança”. De facto, quantidade não significa qualidade e João Lourenço continua a não ter dúvidas quando tem de escolher entre néscios do MPLA e génios apartidários. Escolhe os seus… “T rata-se de uma profunda mexida, com excepção da liderança da área estratégica de carácter económico…

Leia mais

Remodelo e exonero e um
dia começarei a governar

O Presidente de Angola, João Lourenço, fez uma, mais uma, remodelação do Governo. Esta é, aliás, a “pedra filosofal” da estratégia do MPLA. A todo o momento podem surgir mais exonerações e nomeações. Na tentativa de acertar em qualquer coisa, o Presidente dispara em todos os sentidos. Em muitos casos até parece que são “tiros” só de pólvora seca, mas o general é João Lourenço… Neste rol de nomeações e exonerações, depois de ter encolhido o governo de 28 para 21 ministérios, destaca-se a saída de Manuel Augusto, das Relações…

Leia mais

Ministros incompetentes, “justifica” João Lourenço

O Presidente do MPLA, da República e Titular do Poder Executivo justifica as mudanças de ministros para resolver problemas do povo. Por outras palavras, João Lourenço reconhece que os ministros substituídos foram incompetentes e, mais do que isso, levanta a questão: Se não resolveram os problemas do povo, resolveram os problemas de quem? Estávamos em Fevereiro de 2018. O então líder do MPLA, José Eduardo dos Santos, queria ver corrigido o favorecimento da escolha de quadros do partido e a necessidade de posterior colocação, quando não são reconduzidos, que recordou…

Leia mais

Candidato (é claro) a líder do anedotário nacional

O Presidente de Angola, Presidente do MPLA e Titular do Poder Executivo, João Lourenço, disse hoje, em Luanda, que procedeu a um “ligeiro refrescamento do executivo” para que os governantes recentemente nomeados possam contribuir para a resolução dos problemas do povo. É mais um, reconheça-se, brilhante capítulo do anedotário nacional. Este “ligeiro refrescamento do executivo” visou “imprimir um outro dinamismo no desempenho do mesmo”, afirmou João Lourenço na cerimónia de tomada de posse dos novos ministros da Economia e Planeamento (Manuel Neto da Costa), do Interior (Eugénio Laborinho), da Agricultura…

Leia mais

Italiana ENI financia
refinaria de Luanda

A petrolífera italiana ENI vai prestar assistência técnica e financeira de 220 milhões de dólares (186,9 milhões de euros) à refinaria de Luanda, para aumentar a produção de gasolina, das 280 toneladas para as 1.200 toneladas diárias. O acordo de cooperação foi hoje assinado pelo presidente do Conselho de Administração (PCA) da Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol), Carlos Saturnino, e pelo responsável pela área de produção da ENI, António Vella. Na cerimónia, o PCA da Sonangol referiu que o acordo visa que a ENI dê assistência técnica à…

Leia mais

William Tonet à DW: “rotação não é remodelação

O Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, tem feito várias remodelações no governo nos últimos meses. Em declarações à DW África, o jurista William Tonet (também director do Folha 8) diz que se trata de uma mera “rotação governamental”. Angola tem novos governantes em cinco pastas: Saúde, Comércio, Urbanismo e Habitação, Cultura, Hotelaria e Turismo. Os ministros tomaram posse na passada segunda-feira. O Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, afirmou na cerimónia que quer mudanças: “Peço aos senhores ministros para que façam um diagnóstico sobre a situação dos sectores que…

Leia mais

Remodelação no governo e BNA

O presidente angolano, José Eduardo dos Santos, nomeou novos ministros para as pastas da Saúde, Comércio, Urbanismo e Habitação, Cultura, Hotelaria e Turismo, numa remodelação governamental que também envolveu a exoneração do governador do banco nacional. Ainformação consta de uma nota da Casa Civil da Presidência da República angolana enviada hoje à Redacção do Folha 8, esclarecendo que a exoneração do governador do Banco Nacional de Angola (BNA) é a pedido do próprio José Pedro de Morais Júnior, sendo nomeado para as mesmas funções Valter Filipe Duarte da Silva. Ministro…

Leia mais