PAPE quem estiver perto da gamela

Até o próximo ano, a implementação do Plano de Acção para a Promoção da Empregabilidade (PAPE), lançado em Outubro de 2019, pode gerar um total de 83.500 empregos para a juventude, disse o director-geral do Instituto Nacional do Emprego e Formação Profissional (INEFOP), Manuel Mbangui, repetindo o que já fora dito em Abril de 2019. João Lourenço, Presidente de Angola há mais de três anos (Setembro de 2017), descobriu a receita miraculosa. Depois de se saber que a taxa de desemprego teima em crescer, aprovou um decreto que previa a…

Leia mais

“Uma mentira dita mil vezes torna-se verdade”

O Governo angolano diz que vai criar e financiar até 90% de cerca de 5.000 estágios profissionais em empresas para os jovens, no âmbito do Plano de Acção para a Promoção da Empregabilidade (PAPE), disse hoje fonte oficial. Os ensinamentos de Joseph Goebbels (“uma mentira dita mil vezes torna-se verdade”) continuam a medrar no MPLA. Segundo Gorete Leitão, consultora do Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, a criação de estágios profissionais constitui um dos propósitos do PAPE, cuja nova estratégia de implementação foi aprovada em Agosto passado. A…

Leia mais

(Des)empregos em (f)alta…

O Governo do MPLA, no Poder há 45 anos, prevê criar 83.500 empregos, até 2021, no âmbito do Plano de Acção para a Promoção da Empregabilidade (PAPE), aprovado em Abril de 2019, anunciou o Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social angolano. A promessa, feita em 2017 por João Lourenço, era a de criar 500 mil empregos na legislatura. Em comunicado, o ministério afirmou que os postos de trabalho serão criados no quadro do PAPE, cuja estratégia de operacionalização foi apreciada durante a oitava reunião da comissão económica do…

Leia mais

Só está desempregado quem não tem… emprego!

A taxa de desemprego no segundo trimestre de 2020 em Angola aumentou 4% face ao período homólogo do ano passado, estimando-se em 32,7% e em cerca de 4,7 milhões de desempregados. A Covid-19 é, nesta altura, o bode expiatório que justifica, do ponto de vista oficial, a incompetência do governo. Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), o Inquérito ao Emprego em Angola (IEA) referente ao segundo trimestre de 2020, a taxa de desemprego subiu 4% face ao segundo trimestre do ano de 2019, registando-se um total de 4.737.747 desempregados.…

Leia mais

Nem o “PAPE” nos salva

A taxa de desemprego em Angola aumentou para 30,7% no terceiro trimestre de 2019, mais 1,7 pontos percentuais face ao segundo trimestre, afectando mais de metade dos jovens e na globalidade mais de quatro milhões de pessoas. João Lourenço prometeu criar, na legislatura, 500 mil novos postos de trabalho Segundo dados da Folha de Informação Rápida (FIR) do Inquérito ao Emprego em Angola do Instituto Nacional de Estatística (INE) angolano, pelo menos 4.150.676 pessoas, maioritariamente mulheres, estão no desemprego. Em Angola, entre Julho e Setembro de 2019, um total de…

Leia mais

44 anos é pouco. A meta
está à vista. Só faltam 56…

O MPLA, para além de ser o partido com mais corruptos e incompetentes por metro quadrado, é também o que mais planos, projectos, ideias e similares apresenta, embora seja o que menos concretiza. Desta vez, o Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social procedeu, em Menongue, Cuando Cubango, ao (re)lançamento do Plano de Acção de Promoção de Empregabilidade (PAPE), com objectivo de dinamizar um conjunto de acções, actividades e projectos para alavancar a geração de emprego. Segundo as contas do governo, que para o efeito teve de descalçar os…

Leia mais

Se o “PAPE” JLo falou…

O secretário de Estado do Trabalho e Segurança Social angolano afirmou hoje que a taxa de emprego em Angola atingiu, em 2018, cerca de 60% da população activa, admitindo, porém, que a maioria está na economia informal. Como membro do Governo, crê-se que Manuela Moreia proporá a João Lourenço cumprir a promessa da criação do 500 mil novos empregos alargando o sector da economia… informal. Manuel Moreira, que falava na apresentação do Plano de Acção para a Promoção da Empregabilidade (PAPE) ao Governo Provincial de Luanda (GPL) e administradores municipais,…

Leia mais