FoA repudia acção da Polícia

Em comunicado, a FoA (Friends of Angola) repudia “as detenções ilegais ocorridas ontem dia 26 de Setembro”, em Luanda, de cidadãos que se manifestaram contra o elevado índice de desemprego. O Folha 8 publica, na íntegra, o comunicado da FoA subscrito pelo seu director, Rafael Morais: «É com grande preocupação que recebemos várias denúncias sobre as detenções e agressões de vários cidadãos que aderiram ontem em Luanda na Quinta Marcha contra o elevado índice de desemprego em Angola, incluindo o nosso colega Pedro Gonga que foi agredido por vários supostos…

Leia mais

Solidários com o Brasil

O Presidente de Angola, João Lourenço, endereçou hoje uma mensagem de pesar ao seu homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, pela perda de vidas humanas resultante da rotura da barragem de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Enquanto isso, dois engenheiros que atestaram a segurança da barragem que ruiu foram detidos. Numa nota da Casa Civil da Presidência da República angolana, João Lourenço manifesta “profundo pesar” pela morte de 65 pessoas, segundo os últimos dados oficiais disponíveis, e expressa “solidariedade e apoio” aos esforços das autoridades brasileiras para fazer…

Leia mais

Detido ex-PCA da SODMAT

O antigo Presidente do Conselho de Administração da Sociedade de Desenvolvimento Agrícola da Matala (SODMAT), Luís Arsénio Salvaterra dos Santos, está detido, juntamente com outros três administradores, acusados do crime de peculato, divulgou hoje o Ministério Público de Angola. O antigo PCA ocupou também o cargo de director da agricultura e desenvolvimento rural, nos consulados de Dumilde Rangel, Kundi Paihama e Ramos da Cruz. De acordo com o sub-procurador-geral da República na província da Huíla, Hernâni Beira Grande, os detidos são acusados de terem desviado 3,2 milhões de euros. Segundo…

Leia mais

Nada mudou. Detidos 29 activistas em… Cabinda

Vinte e nove activistas foram detidos, hoje, em Cabinda, quando se mobilizavam para iniciar uma manifestação contra a violação dos direitos humanos, assassinato de civis, corrupção e degradação social. Não, embora pareça, o Presidente de Angola não é José Eduardo dos Santos. É João Lourenço. A diferença parece ser só essa… Ao contrário do que pensava José Eduardo dos Santos e agora pensa João Lourenço, o Povo de Cabinda, embora habituado a sofrer cargas policiais, prisões, agressões, e violações dos seus mais básicos direitos, continua a recusar-se a estar de…

Leia mais

Sócrates, Chikoti e Luaty

O chefe da diplomacia angolana, Georges Chikoti, invocou hoje a detenção preventiva do ex-primeiro-ministro português, José Sócrates, para explicar a situação dos 15 activistas detidos em Luanda desde Junho, acusados de preparem um golpe de Estado. O ministro das Relações Exteriores de Angola falava aos jornalistas na Assembleia Nacional, em Luanda, à entrada para a cerimónia oficial de abertura da quarta sessão legislativa da terceira legislatura, que contará com o discurso do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, sobre o estado da nação. O arranque do novo ano parlamentar…

Leia mais