Catástrofe à vista

O presidente do Sindicato de Médicos de Angola, Adriano Manuel, disse hoje em Luanda que o sentimento entre a classe “é de frustração”, sobretudo pelas debilidades das medidas de biossegurança em relação à Covid-19. Pois, e nos hospitais falta tudo, desde organização, camas, oxigénio, balões respiratórios, casas de banho, água, sabão, papel higiénico, álcool, lençóis, alimentação adequada, higiene… Em declarações à agência Lusa, Adriano Manuel disse que de forma geral a classe médica angolana está preparada para a situação da Covid-19, com o registo já de três casos positivos no…

Leia mais

Seca afecta 1,8 milhões de pessoas no sul de Angola

Seca afecta 1,8 milhões de pessoas no sul de Angola - Folha 8

A seca que tem vindo a afectar o sul de Angola está a obrigar à realização de centenas de furos para captação de água, como solução de “emergência”, revelou hoje o ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges. Em causa está a estiagem vivida sobretudo nas províncias do Kunene, Kuando Kubango, Huíla e Benguela, desde 2012, que está a obrigar à intervenção do Executivo em colaboração com os governos provinciais. “São soluções de emergência. Neste momento mais de 200 furos estão a ser feitos em cada uma dessas províncias”,…

Leia mais