Mais alto título da diplomacia mundial para jovem angolano

Por ocasião do 38° aniversário do Dia Mundial da Paz, que se celebra no dia 21 de Setembro, a Federação para a Paz Universal (Universal Peace Federation), com sede na Nova Iorque, Estados Unidos da América, presente em mais de 180 países, e com status consultivo no Conselho Económico e Social das Nações Unidas (ONU) nomeou o jovem angolano João Kanda Bernardo para o cargo de Embaixador Supremo da Paz e cuja tomada de posse teve lugar este sábado, 7 de Setembro, na Holanda, onde o nomeado se encontrava em…

Leia mais

O investigador do MPLA

Caros leitores e leitoras, pedimos desculpa por chegarmos um pouco atrasados para escrever esta comunicação ao mundo, em geral, e à Re(i)pública da Angola do MPLA, em particular. Estivemos muito ocupados porque fomos convocados, de emergência, para uma reunião do Comité Central do MPLA do Cunene, como se pode ver na imagem. Por Agostinho José João Neto dos Santos Lourenço Essa reunião foi convocada pelo camarada Carlos Hebo Mayunga Quimo, que se poderá ver ao centro na imagem, e presidida por sua Excelência o Arquitecto de Cacimbas do Cunene, General…

Leia mais

Ditador há 38 anos

O Presidente angolano, há 38 anos no poder sem nunca ter sido nominalmente eleito, classificou hoje o seu último mandato presidencial como estável “política e socialmente”, apesar da crise económica, uma oportunidade boa para o país se libertar da dependência excessiva do petróleo. Por Orlando Castro José Eduardo dos Santos, Presidente de Angola desde 1979 e líder do MPLA, partido no poder há 42 anos (desde a independência), não concorre directamente (fá-lo indirectamente através de uma das suas marionetas, João Lourenço) às eleições gerais de 23 de Agosto e fez…

Leia mais

William Tonet e o amor
ao seu Povo e ao seu país

Artigo de Francisco Luemba: À primeira vista, parecia-me não ter nada a dizer de Willian Tonet. Na verdade, apenas nos encontrámos duas ou três vezes, entre 2002 e 2014, salvo erro, em actividades da sociedade civil. Para além das saudações de praxe, pouco mais havia para se dizer, por falta de tempo e por o ambiente não ser propício a conversas demoradas e profundas. Por Francisco Luemba Mas o que parece nem sempre é. A verdade é que, dum modo geral, todos nós podemos ter duas ou três coisas a…

Leia mais