Caros leitores e leitoras, pedimos desculpa por chegarmos um pouco atrasados para escrever esta comunicação ao mundo, em geral, e à Re(i)pública da Angola do MPLA, em particular. Estivemos muito ocupados porque fomos convocados, de emergência, para uma reunião do Comité Central do MPLA do Cunene, como se pode ver na imagem.

Por Agostinho José João Neto dos Santos Lourenço

Essa reunião foi convocada pelo camarada Carlos Hebo Mayunga Quimo, que se poderá ver ao centro na imagem, e presidida por sua Excelência o Arquitecto de Cacimbas do Cunene, General Kundi paiLama.

A reunião teve por objectivo discutir três assuntos muito importantes para a África Austral, América Latina, Estados Unidos e Caraíbas. A ordem de trabalhos foi a seguinte: A homenagem ao Arquitecto de Cacimbas do Cunene. Kundi paiLama, o Senhor William Tonet e o Senhor Castro, director-adjunto do Folha8.

O ponto número um dessa reunião, a homenagem ao Arquitecto de Cacimbas do Cunene, Kundi paiLama, foi rapidamente resolvido. Foi aprovado, com 273% dos votos, que a partir de agora o Arquitecto de Cacimbas do Cunene, Kundi paiLama, passará a ser Presidente Emérito do MPLA do Cunene, Militante Distinto do MPLA do Cunene e Membro Honorífico do Comité Central do MPLA do Cunene.

Os pontos números dois e três, sugeridos pelo camarada Carlos Hebo Mayunga Quimo, ao centro na imagem, mereceram uma discussão mais atenta e demorada.

As avaliações independentes dizem que os Estados Unidos têm 6 ou 7 das melhores universidades do Mundo. Essas universidades têm diversos cursos online, incluindo o de Direito. Nalguns aspectos, os cursos online apresentam demasiadas exigências para os alunos, por não estarem em contacto directo com professores e colegas. Muitos especialistas, em diversas áreas, com elevados conhecimento e experiência profissional com quem convivemos, estudaram beneficiando da possibilidade de frequentarem cursos online.

A investigação efectuada pelo camarada do MPLA Carlos Hebo Mayunga Quimo, ao centro na imagem da reunião do Comité Central do MPLA do Cunene, utilizando o motor de pesquisa do Comité Central do MPLA de Luanda, com software preparado pelo especialista em electricidade potável Bento Kangamba, desmente os estudos internacionais. As melhores universidades do mundo estão localizadas em Angola: Universidade do Catambor, Universidade José Eduardo dos Santos, Universidade Bento Kangamba, Universidade Kundi paiLama, Universidade Itinerante Louvalozédu…

O camarada Carlos Hebo Mayunga Quimo, pensa que William Tonet não tem direito a emitir opiniões e a fazer críticas construtivas porque não é licenciado pela Universidade do Catambor, mas sim por uma universidade estrangeira. Essa maneira de pensar, durante a reunião do Comité Central do MPLA do Cunene, levantou a dúvida se os presidente da Angola do MPLA foram legalmente escolhidos para o desempenho dessas funções porque estudaram na Tuga, em Bá Cu e em Moscovo. Nenhum deles estudou na Universidade do Catambor.

De acordo com o camarada Carlos Hebo Mayunga Quimo, William Tonet não deveria ser autorizado a opinar e criticar construtivamente sem a autorização do Ministro da Propaganda e Educação Patriótica, João Goebbels Melo, que conseguiu concluir um curso na Universidade do Catambor, depois de ter desistido do curso em que esteve inscrito na Tuga, (porque lá é necessário ser inteligente para concluir uma licenciatura).

O caso do Senhor Castro, director-adjunto do Folha 8, é diferente. De acordo com a pesquisa efectuada pelo camarada Carlos Hebo Mayunga Quimo, o Senhor Castro não é angolano porque nasceu no Huambo. Desde quando é que uma pessoa nascida no Huambo é angolano? Para se ser angolano é necessário nascer em Bá Cu (Azerbaijão), em Luanda ou em Ondjiva, no Cunene (se Sua Excelência o Arquitecto de Cacimbas, Kundi paiLama, autorizar).

Esse Senhor Castro é licenciado por uma Universidade da Europa. As universidades da Europa têm uma fraca qualidade de ensino, não podem competir com as melhores universidades do Mundo, que estão todas localizadas na Re(i)pública da Angola do MPLA.

Ainda por cima, de acordo com a investigação do camarada Carlos Hebo Mayunga Quimo, utilizando o motor de pesquisa do Comité Central do MPLA de Luanda, o senhor Castro é filho ou sobrinho de um ex-governador de Angola do tempo colonial, familiar de Santos e Castro, um coronel dos Comandos portugueses que criou o ELP- Exército de Libertação de Portugal, avesso aos objectivos do 25 de Abril em Portugal.

O camarada Carlos Hebo Mayunga Quimo conseguiu descobrir que o senhor Castro foi deputado no Parlamento Europeu pelo Partido PPD/PSD da Tuga. O camarada Carlos Hebo Mayunga Quimo esqueceu-se de dizer que, para além de ter sido deputado europeu pelo PPD/PSD, o senhor Castro, director-adjunto do Folha 8, foi Presidente de Cuba (sob o pseudónimo de Fidel e Raul), é congressista democrata representante do Texas em Washighton DC, foi presidente da Câmara de Santo António no Texas, é jogador profissional de basebol em Chicago, é músico/baterista em Dallas, no Texas, foi o inventor dos sofás convertíveis em 1919, é cantor de blues, jogador de futebol na Alemanha, foi um político da Costa Rica, foi o primeiro jogador profissional de basebol da Colômbia, foi um pianista mexicano, foi jogador profissional de futebol em Espanha, foi General em El Salvador e é um escritor da Florida especializado em histórias de terror. A mesma pesquisa do camarada Carlos Hebo Mayunga Quimo ainda revelou que o senhor Castro foi deputado no Chile, na Argentina, no Brasil, no Uruguai, no Paraguai, no México, na Nicarágua, nas Honduras…

Assim sendo, porque o senhor Castro é natural do Huambo, não podendo por esse motivo ser angolano, o senhor Castro deverá ser imediatamente proibido de colaborar na redacção do Folha 8 e de publicar nesse ou em qualquer outro jornal da Re(i)pública da Angola do MPLA.

A mesma investigação “científica” do camarada Carlos Hebo Mayunga Quimo do MPLA também revelou que, por não terem nomes autóctones, os três presidentes da Re(i)pública da Angola do MPLA (Neto, Santos e Lourenço), eram/são de raça branca e provenientes de Portugal, Espanha, América Latina ou descendentes de latinos que emigraram para os Estados Unidos.

A reunião do Comité Central do MPLA do Cunene concluiu com a votação favorável de um louvor pelo facto de o camarada João Malandro Lourenço já ter sido eleito Presidente do MPLA, antes da votação no Congresso.

Partilhe este Artigo