Por ocasião do 38° aniversário do Dia Mundial da Paz, que se celebra no dia 21 de Setembro, a Federação para a Paz Universal (Universal Peace Federation), com sede na Nova Iorque, Estados Unidos da América, presente em mais de 180 países, e com status consultivo no Conselho Económico e Social das Nações Unidas (ONU) nomeou o jovem angolano João Kanda Bernardo para o cargo de Embaixador Supremo da Paz e cuja tomada de posse teve lugar este sábado, 7 de Setembro, na Holanda, onde o nomeado se encontrava em Formação dos Diplomatas da Paz.

O Dia Internacional da Paz é celebrado em 21 de Setembro, mas foi declarado pela ONU em 30 de Novembro de 1981. Neste dia a Assembleia Geral da ONU proclamou o Dia Internacional da Paz como um dia de cessar-fogo e de não violência em todo o mundo. Desde então a ONU tem celebrado este dia, cuja finalidade não é apenas que as pessoas pensem na paz, mas sim que façam também algo a favor da paz.

O Órgão indica personalidades com qualidades diplomáticas ou de liderança extraordinárias para o cargo de Embaixadores para Paz nacionais, regionais e mundiais (Supremo).

O recém nomeado Diplomata da Paz, João Kanda Bernardo, nasceu a 3 de Abril de 1990, na província de Luanda, descendente de pais Bakongos. Formado na Alemanha e além de tantos cursos feitos, o currículo do jovem diplomata soma vários anos vividos no exterior e uma reconhecida formação linguística (Inglês, Francês e Alemão). A isso acresce a sua personalidade forte e espírito de liderança de uma maneira que pode ser desconfortável tanto para seus adversários como para os colegas da mesma formação política, tendo em conta o seu rigor, qualidade inata e aperfeiçoada através do sistema administrativo alemão.

Foi Seminarista da Igreja Católica Romana, na Congregação dos Padres Pobres Servos da Divina Providência, onde ainda muito jovem, começou a exercer os primeiros cargos de liderança. Em 2009 foi eleito Decano do Seminário Propedêutico da mesma Congregação em Angola e de 2007 a 2009 trabalhou também como Cerimoniário, tendo feito pastoral com vários Bispos da CEAST, inclusive o novo Cardeal de Angola, Dom Eugénio Dal Corso e o Cardeal Giovanni Ângelo Becciu, antigo núncio apostólico (Embaixador do Vaticano) em Angola, isto é, antes de regressar ao Vaticano, onde posteriormente exerceu o cargo de Substituto dos Assuntos Gerais do Secretário de Estado da Santa Sé, até Maio de 2018, data de sua nomeação para cargo de Prefeito da Congregação da Causa dos Santos.

João Kanda Bernardo é desde 2013 um membro destacado do corpo diplomático da UNITA, exercendo até ao momento actual, o cargo de Representante do Partido UNITA junto das comunidades angolanas na República Federal da Alemanha. Em 2014 foi Delegado da UNITA no 20° Exame Periódico Universal do Conselho dos Direitos Humanos das Nações Unidas. Em 2016 participou na Segunda Conferência Internacional dos Parlamentares para a liberdade de Religião ou Crença, que teve lugar em Berlim depois da de Nova Iorque em 2015. O seu nome constou na lista de candidatos da UNITA a Deputados à Assembleia Nacional da República de Angola, como efectivo n° 120, pelo Círculo Nacional, às eleições gerais de 2017.

Kanda tem um mandato vitalício e o seu título de Embaixador da Paz está registado e protegido no Ofício de Patentes e Marcas dos Estados Unidos de América (US – Patent and Trademark Office). Dentre vários privilégios, um Embaixador da Paz recebe um Diploma Internacional dos Embaixadores no dia da sua tomada de Posse e durante o exercício das suas funções mantém-se em contacto permanente com uma rede de todos os pacificadores mundiais.

Os embaixadores da Paz são indivíduos cujas vidas exemplificam o ideal de vivência em benefício dos outros, e que se dedicam à promoção de valores morais universais, forte vida familiar, cooperação inter-religiosa, harmonia internacional, renovação das Nações Unidas, mídia responsável e o estabelecimento de uma cultura global de paz, transcendendo barreiras raciais, nacionais e religiosas.

Os embaixadores da Paz contribuem para a realização da esperança de todas as idades, um mundo unificado de paz, onde as dimensões espirituais e materiais de todas as realidades são harmonizadas

Um Embaixador da Paz, actua como membro dos Conselhos de Paz nacionais, regionais e global, promovendo e salvaguardando a paz mundial.

Um Diplomata da Paz entre as noções actua também na formação e na expansão de uma aliança estratégica de parcerias pró-paz com indivíduos, os governos, os meios de comunicação, instituições educacionais, religiosas, políticas e empresariais.

Com a sua nomeação para este cargo, João Kanda Bernardo torna-se o político africano mais jovem a receber este título de categoria global. Na sua agenda de trabalho já constam várias viagens de trabalho para diversos países do mundo que serão anunciadas oportunamente.

Partilhe este artigo