Um patife oportunista

A notícia da morte do Cidadão do Mundo Eduardo Nascimento despertou em mim memórias muito especiais. Naquele ano de 1967 estava em Portugal, mais concretamente na cidade do Porto, e assisti em directo na RTP quer à sua vitória no Festival RTP da Canção, quer posteriormente à sua participação no Festival da Canção da Eurovisão, com a canção “O vento mudou”. Por Carlos Pinho S e bem que hoje em dia a vitória do Eduardo Nascimento no Festival RTP da Canção seja comentada e interpretada como uma grande referência histórica,…

Leia mais

Um cata-vento Itinerante

O homem tem fraca visão. Idolatra assassinos e ladrões e depois arrepende-se por sofrer de falta de visão e de desonestidade intelectuais. Uau!!!…. O poeta-sipaio do 27 de Maio agora vem dizer que o MPLA não libertou os países da África Austral e, pelo contrário, afundou Angola nesta região do planeta com tanta corrupção? Por Domingos Kambunji O Manuel Rui Monteiro já foi notificado para ir prestar declarações na Procuradoria-Geral da Re(i)pública da Angola do MPLA pela cumplicidade nos crimes praticados com os fuzilamentos do 27 de Maio de 1977?…

Leia mais

Os democratas da Vigésima Quinta Hora

A Polícia do Huambo, Bié, Lunda Sul… diz que a criminalidade está a aumentar. O Manuel Rui Monteiro diz que em Angola vive-se em segurança e que até viajou, durante a noite, para uma província do Norte sem qualquer incidente. Por Domingos Kambunji 1- Viajar durante a noite é a melhor maneira para evitar ver os enormes buracos que existem na estrada da demagogia e da violação dos direitos humanos, construída pelo MPLA em Angola, durante demasiadas décadas. O Manuel Rui Monteiro, de facto, está muito habituado a viajar durante…

Leia mais