General impõe “prontidão combativa elevada”

As Forças Armadas Angolanas determinaram hoje que militares e polícias intensifiquem os patrulhamentos nos centros urbanos e suburbanos, “com vista à recolha do pessoal e viaturas militares e civis” que transgridam o estado de emergência. Está aí, para o que for preciso, a “prontidão combativa elevada”. Em despacho, o chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas, general António Egídio Santos “Disciplina”, determinou “prontidão combativa elevada” a todas as unidades, estabelecimentos e órgãos das Forças Armadas enquanto durar o estado de emergência no país. “Prontidão combativa elevada”? Será preciso tanto…

Leia mais

Contra o MPLA marchar, marchar! Será mesmo isso?

Conta (e muito bem) o órgão oficial do MPLA (que o é, merecidamente, há 44 anos) que as Forças Armadas Angolanas (FAA) lançaram, em Luanda, a Campanha de Reforço dos Valores Cívicos e Ético-militares, para contribuir na moralização da sociedade, tornando-a mais sã e mais cidadã. Se o Jornal de Angola o diz… Por Orlando Castro Oresidida pelo chefe do Estado-Maior General das FAA, general António Egídio de Sousa e Santos “Disciplina”, a campanha visa melhorar o nível de participação e activismo social dos efectivos no processo de moralização da…

Leia mais

O que é que o MPLA e os seus militares andam a tramar?

A realização de treinos de Comando e Estados-Maiores do Exercito e Regiões Militares constitui matéria actualizada, sobretudo pelo momento histórico do país, afirma o chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA), general do Exército, Egídio de Sousa Santos. Trata-se, diz o general que – recorde-se – colocou em Luanda as FAA em “prontidão combativa elevada” durante o último Congresso do MPLA, de preparação educativa-patriótica. O comando das FAA e do Exército, em particular, tem promovido, nos últimos tempos, manobras tácticas para adequar a preparação das tropas, tendo em…

Leia mais

Prontidão combativa, seja
o inimigo externo ou não!

As Forças Armadas Angolanas estão preparadas para cumprir qualquer eventual incursão militar estrangeira que possa surgir no país, afirmou na localidade do Kinkankala, município do Ambriz, província do Bengo, o Chefe do Estado-Maior General das FAA, Egídio de Sousa Santos “Disciplina”. Guerra à vista ou só encenação… para uso interno? O oficial superior general da FAA que falava no encerramento do exercício e manobra operativo estratégico “Vale do Loge”, iniciado em Junho deste ano, considerou positivo tudo quanto foi traçado e materializado as orientações das estruturas superiores. O evento, visou…

Leia mais

Voltará a época em que
o MPLA não perdia tempo
a simular julgamentos?

O chefe do Estado-Maior General das FAA, Egídio Sousa Santos, “Disciplina” esteve em Malanje e, como é tradição do MPLA ao longo de quase 43 anos de poder, exortou os efectivos do Exército a cumprir com zelo e dedicação o programa de preparação operativa, combativa, educativa e patriótica, visando fazer jus aos desafios no domínio de asseguramento dos objectivos estratégicos do país. Num Estado de Direito Democrático nada disto faz sentido, mas como estamos em Angola… O general intervinha num encontro com os efectivos do I Corpo do Exército, no…

Leia mais

Prontidão militar em Cabinda

Prontidão militar em Cabinda - Folha 8

O Ministro da Defesa Nacional, João Lourenço, recomendou nesta sexta-feira que os militares das Forças Armadas Angolanas (FAA) na Região Militar Cabinda se mantenham permanentemente vigilantes, visando a preservação da paz, soberania e das instituições do Estado, perante qualquer ameaça. É uma posição no mínimo curiosa. Isto porque, segundo as teses do regime, Cabinda é uma região há muito pacificada. Pelo que parece, João Lourenço tem outras informações que podem indiciar duas coisas. Ou a FLEC está de facto viva e disposta, apesar de tudo, a lutar, ou está em…

Leia mais