Portugal é… “barriga de aluguer”

A Winterfell, empresa de Isabel dos Santos que controlava a Efacec, apresentou uma acção de impugnação da decisão do Governo português de nacionalizar as suas acções da companhia, argumentando, entre outras alegações, violação de preceitos legais. Em comunicado, a Winterfell refere que, “nos fundamentos desta acção”, são apresentados dez argumentos de que a nacionalização da Efacec – empresa portuguesa que opera nos sectores da energia, engenharia e mobilidade – terá alegadamente violado “um conjunto de preceitos legais”. Na nota, a empresa Winterfell informa que, “na sequência da publicação no Diário…

Leia mais

PGR de Angola desconhece leis de países onde pleiteia

A recente nacionalização da Efacec e a informação distorcida passada pelo Procurador-Geral da República de Angola, general doutor, Pitta Groz, ao Titular do Poder Executivo, levando, erroneamente, João Lourenço a enquadrar o acto do governo português, de 2 de Julho de 2020, como estando no quadro da cooperação judiciária, entre os dois países. A nacionalização da empresa eléctrica, através do Decreto-Lei n.º 33-A/2020 de 2 de Julho, está fora dos acordos. Logo é uma ofensa à razoabilidade jurídica, tal interpretação e, mais grave é da irracionalidade e raiva na gestão…

Leia mais

Portugal nacionaliza a Efacec

O Governo português anunciou que vai nacionalizar 71,73% do capital social da empresa Efacec Power Solutions. Esta medida garante, segundo o Executivo a “salvaguarda de cerca de 2.500 postos de trabalho” e a “continuidade da empresa”. A reprivatização deverá ser a fase seguinte. “E sta participação social é detida pela sociedade Winterfell 2, com sede em Malta, e indirectamente controlada por Isabel dos Santos”, disse, por sua vez, o ministro da Economia. “O Conselho de Ministros tomou esta decisão porque a Efacec está em situação de grande impasse accionista, na…

Leia mais

Reverter para não ser
só o habitual… exonerar

O Governo angolano anunciou hoje que vai accionar os mecanismos legais para reverter a privatização da empresa de fabrico de medicamentos Angomédica, adquirida pela Fundação Eduardo dos Santos (FESA) em 2014, que terá tido “contornos pouco claros”. O anúncio foi feito pela ministra da Saúde de Angola, Sílvia Lutucuta, que falava aos jornalistas no final da visita que o Presidente João Lourenço fez à Central de Compras de Medicamentos e Meios Técnicos (CECOMA), em cujo edifício funcionava a Angomédica. Segundo Sílvia Lutucuta, citada pela agência noticiosa angolana Angop, a CECOMA…

Leia mais

Sonangol no BESA significa nacionalização

Sonangol no BESA significa nacionalização - Folha 8

O director do Centro de Estudos e Investigação Científica da Universidade Católica de Angola, Alves da Rocha, admite que a entrada da petrolífera estatal Sonangol no Banco Espírito Santo Angola (BESA) corresponde a uma nacionalização. Oeconomista referia-se à mudança na estrutura accionista no BESA – que por sua vez passa a designar-se de Banco Económico SA -, decidida em Assembleia-geral realizada a 29 de Outubro. As decisões, com o BES português a sair do capital social do BESA, foram tomadas no âmbito da intervenção do Banco Nacional de Angola (BNA)…

Leia mais