Memórias da libertação

No dia 28 de Agosto, pelas 9 horas, terá lugar no Auditório da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, em Luanda, o Colóquio Internacional “Ecos da História: Memória, Comemoração e Silêncio na Luta de Libertação de Angola”. O evento inclui a mostra do filme Independência em colaboração com a ATD – Associação Tchiweka de Documentação. O Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, através do projecto CROME – Memórias Cruzadas, Políticas do Silêncio, e a Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, juntam-se para organizar um…

Leia mais

RAP de Angola e do Brasil
no (en)canto de Coimbra

Os rappers MCK (Angola) e Renan Inquérito (Brasil) serão palestrantes na Universidade de Coimbra (Portugal) nesta sexta-feira, dia 24. Vão abordar o tema “O RAP navegando entre as mentes: Um Oceano que liga Brasil e Angola”. Será às 18h30, na Casa da Lusofonia. O objectivo do evento será entender as ligações e divergências no RAP entre os dois países. O RAP é considerado o ritmo musical que dá voz aos periféricos de todo o mundo. Os dois músicos moravam na periferia e actualmente são referências no meio artístico. MCK é…

Leia mais

Coimbra capital da música de resistência em Angola

Uma série de assuntos que são tabu em Angola serão abordados no próximo sábado (17), em Coimbra, Portugal. O activista político e rapper angolano Luaty Beirão (Ikonoklasta) é o convidado especial do evento “Música de Resistência em Angola: De Liceu Vieira ao Ikonoklasta”. Neste evento, Luaty Beirão estará ao lado do pesquisador e doutorando em Ciências da Comunicação, Carlos Guerra Júnior, que abordará um histórico sobre a música de resistência em Angola. O painel será apresentado na Casa da Lusofonia, às 16h, localizada na Universidade de Coimbra. O quadro faz…

Leia mais

Em Coimbra estudam 128 angolanos

A Universidade de Coimbra conta actualmente com 3.769 estudantes de mais de 80 nacionalidades em regime de mobilidade e através do estatuto de estudante internacional, e tem como objectivo chegar aos seis mil. A nacionalidade mais representada é o Brasil, com 2.023 alunos (1.727 em regime de mobilidade e 296 através do estatuto de estudante internacional), disse à agência Lusa fonte da Universidade de Coimbra (UC). Em regime de mobilidade, contabilizam-se 3.297 estudantes de 86 nacionalidades: o Brasil surge em primeiro com 1.727, Itália em segundo com 228, segue-se Espanha…

Leia mais

Estatuto do estudante internacional com “sabor” angolano

A Universidade de Coimbra (Portugal) vai acolher este ano lectivo 140 alunos estrangeiros ao abrigo do novo Estatuto do Estudante Internacional, que, num contexto de cortes de financiamento público, representam uma receita própria adicional de um milhão de euros anual. Pela primeira vez este ano lectivo, com a publicação há meses do Estatuto do Estudante Internacional, o ensino superior português vai poder acolher estudantes estrangeiros, cobrando propinas com base no custo real dos cursos por aluno, e não nos limites máximos fixados pelo Estado para os estudantes nacionais. De acordo…

Leia mais