Os sapos da UNITA

O presidente da UNITA, Adalberto da Costa Júnior, avisa que o seu partido não vai engolir sapos e que estará na linha da frente do combate por uma Angola para os cidadãos nem que, para isso, no limite, tenha de sair às ruas. Esperemos para ver e, como é hábito, vamos ficar sentados mas atentos. Se for para valer, estaremos também (é aí que estamos desde 1995) na linha da frente. Na edição da passada sexta-feira, 6, do programa Angola Fala Só da VoA com a participação de muitos ouvintes…

Leia mais

Pirão em prato de luxo
não deixa de ser… pirão

O líder da UNITA apelou à nova equipa dirigente do maior partido da oposição que o MPLA (ainda) permite que existe em Angola que trabalhem junto das comunidades para “ouvir o cidadão, dialogar com ele”, sem esquecer a necessidade de reforçar a coesão interna. Pois é. Fica a dúvida: quem está habituado a comer lagosta sabe ouvir e dialogar com quem apenas sabe o que é mandioca? Adalberto da Costa Júnior discursava na cerimónia de tomada de posse dos 51 novos membros do executivo nacional e provincial e representantes parlamentares…

Leia mais

Adalberto da Costa Júnior é o novo líder da UNITA

Os 1.100 delegados da UNITA escolheram o novo líder da UNITA, partido fundado por Jonas Savimbi e liderado nos últimos 16 anos por Isaías Samakuva. É Adalberto da Costa Júnior, nasceu em 8 de Maio de 1962 em Quinjenje (Huambo), é casado, pai de 4 filhos e era o Presidente do Grupo Parlamentar da UNITA. Adalberto da Costa Júnior venceu logo à primeira volta ao ter sido escolhido por 595 dos 1100 delegados (precisava de 50% mais um) oriundos de todo o país e do estrangeiro, nomeadamente de Portugal, Espanha,…

Leia mais

Samakuva “canta de galo”
e João Lourenço agradece

O presidente cessante da UNITA, Isaías Samakuva, disse hoje que o MPLA, partido que governa Angola há quatro décadas, está em “fim de ciclo” num discurso marcado por duras críticas ao ex-Presidente José Eduardo dos Santos. Ao contrário de Jonas Savimbi que era fortíssimo com os fortes e condescendente com os derrotados, Samakuva encolhe-se perante João Lourenço, mostrando as garras a Eduardo dos Santos, se bem que as tivesse recolhidas quando ele estava no poder. Falando na abertura do XIII Congresso Ordinário da UNITA, o principal partido da oposição que…

Leia mais

O Galo irá voar?

O presidente cessante da UNITA, Isaías Samakuva, desejou hoje que o processo eleitoral para a escolha do novo líder do partido angolano do “Galo Negro” decorra sem instabilidade nem fricções, para que o congresso promova a reconciliação interna. “P odemos discordar, mas sem contundências nem hostilidades, para não perdermos a capacidade de nos unir”, pediu o líder da União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA), o maior partido da oposição que o MPLA ainda permite que exista em Angola, fundado por Jonas Savimbi há 53 anos. Isaías Samakuva…

Leia mais

Savimbi, Samakuva e…

A UNITA, principal partido da oposição que o MPLA ainda permite que exista em Angola, inicia na quarta-feira o seu XIII Congresso Ordinário, onde será eleito o substituto do actual presidente, Isaías Samakuva, que deixa o cargo após 16 anos. A decisão será tomada por 1.150 delegados de todo o país que se vão reunir em Luanda, entre quarta e quinta-feira, para escolher o novo líder, que será o terceiro presidente do partido fundado por Jonas Savimbi a 13 de Março de 1966. Os preparativos do XIII Congresso Ordinário do…

Leia mais

Em Angola, Povo com fome
só é livre para… obedecer!

O candidato à liderança da UNITA Alcides Sakala disse hoje que concorre a presidente do maior partido da oposição que o MPLA ainda permite que exista em Angola para “aprofundar a democracia interna” e reforçar “a coesão no seio da organização” e relembrou Jonas Savimbi, Isaías Samakuva, Paulo Lukamba Gato e os princípios basilares da fundação no Muangai. Alcides Sakala discursava no lançamento da sua campanha à sucessão de Isaías Samakuva, líder da UNITA desde 2003, após a morte e, combate do líder fundador da organização política, Jonas Savimbi, em…

Leia mais

UNITA define-se ou sente-se?

O deputado Liberty Chiyaka é o mais recente pré-candidato à liderança da UNITA (o maior partido da oposição que o MPLA ainda permite que exista em Angola), juntando-se a outros quatro dirigentes que já manifestaram essa intenção, mas ainda ninguém formalizou as candidaturas, confirmou uma fonte partidária. Uma notícia, avançada pelo órgão oficial do MPLA (Jornal de Angola), adianta que o deputado e actual secretário provincial da UNITA no Huambo, Liberty Chiyaka, já anunciou publicamente a sua intenção de entrar na corrida à liderança do Galo Negro. Liberty Marlin Dirceu…

Leia mais

O senhor que se segue é…

A Direcção da UNITA decidiu prorrogar o prazo para a apresentação de candidaturas ao cargo de presidente do partido por questões relacionadas com “aspectos técnicos e logísticos”, de acordo com uma nota enviada à comunicação social. Para já existem alguns pré-candidatos: Adalberto da Costa Júnior, Estêvão José Pedro Kachiungo, Alcides Sakala Simões e Abílio Kamalata Numa. O novo prazo fixado pelo Comité Permanente da Comissão Política da UNITA é agora o próximo dia 7 de Outubro. Em face do novo prazo, o partido do “Galo Negro” fixou ainda o período…

Leia mais

Fogo-fátuo da UNITA

O presidente da UNITA, Isaías Samakuva, acusou hoje o Governo do MPLA (que só está no poder há… 44 anos) de não querer uma Angola “igual para todos” e disse que os problemas locais devem ser resolvidos a nível local. Pois é. Mas o melhor é o Galo Negro não esticar a corda. O partido de João Lourenço ainda se chateia e acaba com as mordomias dadas aos dirigentes da UNITA. A chegada do líder do “partido do galo negro” ao hotel Serra de Chela, no Lubango, capital da província…

Leia mais