CARREGAR, APONTAR… MATAR

Numa posição conjunta e unânime, o Presidente do MPLA (João Lourenço), o Titular do Poder Executivo (João Lourenço) e o Presidente da República (João Lourenço) afirmam que “o que aconteceu na segunda-feira foi um verdadeiro acto de terror, cujas impressões digitais deixadas na senda do crime são bem visíveis e facilmente reconhecíveis e apontam para a materialização de um macabro plano de ingovernabilidade através do fomento da vandalização de bens públicos e privados, incitação à desobediência e à rebelião, na tentativa da subversão do poder democraticamente instituído”. A UNITA, principal…

Leia mais

PRESIDENTE JÁ LAVROU A SENTENÇA

O Presidente da República, João Lourenço, já disse aos seus chefes de posto qual terá de ser a sentença condenatória a quem esteve envolvido nos actos registados na segunda-feira, na capital do país, na manifestação realizada pelos taxistas. Na democracia do MPLA é assim que funciona. Segundo João Lourenço, os incidentes apontam para a materialização de um “macabro” plano de ingovernabilidade, através do fomento da vandalização de bens públicos e privados, incitação à desobediência e à rebelião, na tentativa da subversão do poder democraticamente instituído. “O que ocorreu na segunda-feira…

Leia mais