Angosat e Banda Larga
entram na cesta básica?

O Governo angolano estimou hoje que 80% da população deverá ter condições de acesso com serviços de banda larga até 2025, referindo que as metas constam da “Estratégia Nacional de Banda Larga” e estão alinhadas aos objectivos regionais e internacionais. Enquanto não se exonerar a demagogia, até o paraíso será prometido. Durante um encontro entre o Instituto Angolanos das Comunicações (INACOM) e operadores do sector, o secretário de Estado para as Telecomunicações de Angola, Mário Oliveira, apresentou hoje a estratégia, salientando que está em curso a preparação de condições para…

Leia mais