Pior só mesmo a malária

As estradas angolanas registaram, de Janeiro a Setembro deste ano, mais de 2.000 mortes e mais de 7.000 feridos, num total de 7.000 acidentes, informou hoje a polícia. Pior só mesmo os dados relativos à malária. A informação foi transmitida pelo chefe de departamento de comunicação institucional e imprensa da Direcção Nacional de Viação e Trânsito, superintendente-chefe Angelino Sarrote, que referiu que, em média, Angola regista 26 acidentes por dia, que resultam em sete mortes e 29 feridos. Falando à imprensa à margem da cerimónia de abertura do ciclo de…

Leia mais

Três mil mortos nas estradas

As estradas angolanas registaram até Setembro 12.000 acidentes de viação, que provocaram mais de três mil mortos e 11.000 feridos, de acordo com o mais recente balanço da sinistralidade rodoviária no país, conhecido hoje. O s dados foram apresentados no final da reunião da Comissão Executiva do Conselho Nacional de Viação e Ordenamento do Trânsito, realizada em Luanda, e contabilizam 3.016 mortos nas estradas de Angola, em nove meses. Em declarações à imprensa, o director nacional da Viação e Trânsito, Inocêncio de Brito, disse que os números registados até a…

Leia mais