Uau! Já não somos os mais corruptos da… Lusofonia

A maioria dos países do mundo é incapaz de controlar e lutar contra a corrupção, o que está a contribuir para “uma crise da democracia à escala mundial.” A conclusão consta na edição de 2018 do Índice de Percepções de Corrupção (IPC), elaborado pela organização não-governamental Transparency Internacional (TI). Depois de ter deixado de ser o pior país na Lusofonia (é agora a Guiné-Bissau), Angola voltou a melhorar duas posições neste estudo (165.º), ainda que a pontuação seja a mesma (IPC 19). Em sentido inverso, Moçambique vê nesta última edição…

Leia mais

Regime mantém Angola no top dos mais corruptos

Dando sequência ao seu ADN, o regime de Eduardo dos Santos conseguiu manter Angola entre os seis países considerados mais corruptos no novo Índice de Percepção de Corrupção da Transparência Internacional. N o espaço de um ano, como revela a DW, Angola desceu duas posições no Índice de Percepção de Corrupção de 2015, divulgado esta quarta-feira pela organização Transparência Internacional. Está agora entre os seis países considerados mais corruptos, num total de 168 Estados analisados. Ficou na posição 163 em ex-aequo com o Sudão do Sul. Atrás ficam apenas o…

Leia mais

Se a corrupção matasse…

Um relatório conjunto das organizações da sociedade civil Transparência Internacional (TI) e o Afro-barómetro mostra que a corrupção em África está em alta e também se “conjuga” em português. Nos países lusófonos de África, Cabo Verde é o menos corrupto e Angola o mais corrupto. S egundo a TI, “58% dos africanos inquiridos diz que a corrupção aumentou nos últimos 12 meses, e em 18 dos 28 países onde foram feitos inquéritos, uma grande maioria das pessoas diz que os governos não estão a conseguir combater a corrupção”. Este documento…

Leia mais

Corrupção? Claro que sim!

Corrupção? Claro que sim! - Folha 8

Angola continua a ser um exemplo no âmbito das democracias mais avançadas e, também, dos estados de direito, só rivalizando com a Coreia (do Norte, obviamente). D e facto, Angola foi o país lusófono que mais pontos perdeu no Índice de Percepção da Corrupção 2014, caindo oito posições no ranking, segundo o relatório anual divulgado hoje pela organização não-governamental Transparência Internacional. Angola teve uma queda de quatro pontos no ranking da Transparência Internacional, caindo do 153º lugar (23 pontos) em 2013 para o 161º (19 pontos) em 2014 na tabela…

Leia mais