JOSEFA VENDE “SACKOS” DE PERLIMPIMPIM

A comissária da União Africana, Josefa Sacko, defendeu esta sexta-feira, em Adis Abeba, que a mudança de paradigma “de volta ao básico” é promover e redireccionar os modelos de investimento agrícola para integrar os alimentos tradicionais e indígenas africanos, que prevaleceram nas dietas de gerações anteriores. Para os 20 milhões de pobres angolanos bastaria fuba, feijão e peixe, não era senhora comissária? A diplomata junto da União Africana falava por vídeo conferência na comemoração da 12º edição do “Dia de África para a segurança alimentar e nutricional” considerou – escreve…

Leia mais

Fome? Sim, mas apenas para quem não tem… comida

A angolana Josefa Sacko é candidata a um segundo mandato para o cargo de comissária da União Africana (UA) para a Agricultura, Economia Rural, Economia Azul e Ambiente. A engenheira agrónoma afirma em entrevista à RFI que se for eleita a auto-suficiência alimentar do continente será uma das suas prioridades e garante que aposta na agricultura é a a solução para combater a fome em África. Em Agosto de 2018, depois de um faustoso repasto, a comissária da UA Josefa Sacko, afirmou, em Luanda, que Angola progrediu na redução da…

Leia mais

Menos fome? Sim, é claro!

Depois de um faustoso repasto, a comissária para a Economia Rural e Agricultura da União Africana (UA), a angolana Josefa Sacko, afirmou hoje, em Luanda, que Angola progrediu na redução da fome, mas precisa de reforçar a estratégia para diminuir a pobreza, agravada com o desemprego entre jovens. Josefa Sacko falava à imprensa à margem do encontro de lançamento do Processo de Reformulação do Plano Nacional de Investimento Agrícola de Angola (PNIA), que visa alinhar a agenda interna com as metas internacionais, quer a continental quer a global, respectivamente para…

Leia mais