Angolano na diáspora é espécie menor para o MPLA

Angolanos emigrados em Lisboa reclamaram hoje o direito de voto nas eleições presidenciais, queixando-se de serem discriminados por parte do governo de Luanda, que acusam de não querer “vozes dissonantes” no “pensamento único” do país. Estamos em 2017 e, 42 anos depois da independência e 15 após a paz total, ainda existem angolanos de primeira e de segunda. Manuel Santos, há mais de uma dezena de anos emigrado, foi um dos organizadores de um encontro de emigrantes em Lisboa para discutir a situação política do país e pedir o direito…

Leia mais

Portugueses enviam menos
e os angolanos enviam mais

As remessas enviadas pelos trabalhadores angolanos em Portugal aumentaram 34,2% em Julho, para 4,8 milhões de euros, ao passo que as verbas enviadas pelos portugueses em Angola caíram 12,2% para 20,6 milhões de euros. D e acordo com o Boletim Estatístico divulgado hoje pelo Banco de Portugal, os angolanos a trabalhar em Portugal registaram uma forte subida percentual de 33,6% em Julho, tendo enviado 4,87 milhões de euros, ao passo que no mesmo mês de 2014 tinham enviado 3,63 milhões de euros. Em sentido inverso, isto é, os portugueses a…

Leia mais