Obrigado Sindicato dos Jornalistas (de Portugal)!

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) de Portugal felicitou os jornalistas Maria Ressa e Dmitri Muratov pelo prémio Nobel da Paz, que considera um justo reconhecimento da coragem que ambos demonstraram na luta pela Liberdade de Imprensa, ao exercer a profissão num contexto adverso, de pressões e ameaças à própria vida, mas também o reconhecimento da importância do Jornalismo na nossa sociedade. Os dois jornalistas foram distinguidos “pela corajosa luta pela liberdade de expressão nas Filipinas e na Rússia. Ao mesmo tempo, são representantes de todos os jornalistas que defendem este…

Leia mais

Jornalistas ganham Nobel da Paz

O Comité Norueguês do Nobel laureou os Jornalistas Maria Ressa e Dmitry Muratov “pelos seus esforços para salvaguardar a liberdade de expressão, que é uma condição prévia para a democracia e uma paz duradoura”. Essa de a liberdade de expressão ser uma condição prévia para a democracia… não se aplica, obviamente, a Angola, ao MPLA, organização que só está no Poder há 46 anos e para quem Jornalista bom é Jornalista morto. São excepção os “fazedores de propaganda” (a quem chamam jornalistas) formados, formatados e castrados pelo regime. Maria Ressa…

Leia mais

A (in)justiça do Nobel…

O novo Nobel da Paz, o primeiro-ministro etíope, Abiy Ahmed Ali, é um dos símbolos da nova Etiópia, que quebrou tradição de gestão autoritária e sectária, reforçando a abertura política e económica do único país africano que nunca foi colónia europeia. Há ano e meio, quando tomou posse, Abiy Ahmed Ali começou a governar um país dilacerado pelas divisões étnicas e políticas, algo que tentou ultrapassar logo de imediato com a nomeação de líderes da oposição para funções principais do Estado. De acordo com o comunicado divulgado pelo júri do…

Leia mais