Roubar sem ser ladrão, mentir sem ser mentiroso

Os pasquins do MPLA, com a servil conivência de outros órgãos de comunicação social, nacionais e estrangeiros, afirmam que João Lourenço foi eleito há quatro anos. Mentira. Nas “eleições” o MPLA ganhou e, no reino, o cabeça-de-lista do partido vencedor é nomeado Presidente. E foi assim, sem ser nominalmente eleito, que João Lourenço chegou ao cargo. João Lourenço, Presidente angolano (não nominalmente eleito), disse no passado 2, em Acra, capital do Gana, que o continente africano não pode continuar a ser visto apenas como potencialmente rico em recursos minerais, mas…

Leia mais

Mentir está no ADN do MPLA

João Lourenço, general, ministro da Defesa e candidato de parte do MPLA à Presidência da República de Angola, nas eleições gerais de 23 de Agosto, disse hoje, em Luanda, que pretende combater a corrupção acabando “com muita vontade” com um outro mal que é o da impunidade. Agora é tempo de os leitores se rirem com tamanha lata e desfaçatez. Por Orlando Castro Passada a fase inicial de mais esta anedota oficial, regressemos à actuação do candidato do regime. Numa primeira entrevista colectiva dada a alguns órgãos nacionais, João “Malandro”…

Leia mais