Mais caranguejos na rede

A Procuradoria-Geral da República (PGR) angolana deteve mais de 20 oficiais, entre os quais o comandante da Casa de Segurança do Presidente da República na província do Cuando Cubango. Por este andar, ainda vai ser “detido” o próprio titular da Cada de (in)Segurança, João Lourenço. Estas detenções, realizada no âmbito da operação “Caranguejo”, iniciada na sequência da detenção, em Luanda, de um major da Casa de Segurança do Presidente da República, encontrado com carradas de somas monetárias em euros, dólares e kwanzas, guardadas em malas na sua residência, foram confirmadas…

Leia mais