É uma vergonha e um crime morrer à fome no Huambo!

O momento em que escrevo estas linhas, carrego um misto de tristeza e indignação, ao tomar conhecimento que morrem de fome, autóctones angolanos na Serra do Moco, no Huambo. Porra! Essa verdade revolta. Por ser inadmissível… Por William Tonet Aquelas gentes, a nossa gente, campesina, sacha (capina) a terra, faz germinar os vários lombis, para com o pirão de milho, ter uma refeição. Se morre, falta o complemento, proteínas que o Estado poderia curar de fornecer, não em gesto de caridade e tantas vezes de vil propaganda, mas na criação…

Leia mais