GAZELA ESTÁ A VIRAR… CÁGADO

Mais de 14 milhões de eleitores (incluindo mais de 2 milhões de mortos) estão inscritos para votar em 24 de Agosto numa das mais competitivas eleições em Angola, para escolher uma nova Assembleia Nacional, de onde sairão, o Presidente e o vice-presidente. Nestas quintas eleições da história participam sete partidos e uma coligação e além da primeira participação de dois partidos, o Partido Humanista (PH) e o Partido Nacionalista da Justiça em Angola (P-Njango), a novidade neste escrutínio será a participação pela primeira vez dos eleitores angolanos residentes fora do…

Leia mais

CABIDELA DE FALCÕES E GAZELAS

No dia 22 de Março, o MPLA, partido no poder em Angola há 46 anos, atribuiu a responsabilidades pelos confrontos que envolveram militantes seus no Uíje à UNITA (oposição), afirmando que este foi sempre o seu “comportamento” dos militantes do partido que vai ser cozinhado (cabidela) pelo MPLA, apelando às suas autoridades que levem os responsáveis a tribunal. “Uma imagem vale mais do que mil palavras. Esse sempre foi o comportamento dos senhores da UNITA. Vejam o histórico e vejam de quem é esse comportamento. Os vídeos são mais do…

Leia mais

ENTRE A GAZELA E O CÁGADO

O primeiro secretário do MPLA em Cabinda, Marcos Nhunga, promete saltar como as gazelas (respeitando a ordem do seu presidente) e “reconquistar os três lugares perdidos no círculo eleitoral de Cabinda nas eleições gerais de 2017”. Marcos Nhunga, que discursava na abertura da 2ª Sessão Ordinária do Comité Provincial do partido testemunhado pelo coordenador adjunto do grupo de acompanhamento do Secretariado do Bureau Político do MPLA para Cabinda, Ventura de Azevedo, destacou que, para a concretização deste objectivo, é fundamental que os militantes durante o período de pré-campanha e de…

Leia mais

O GAZEL DOS JOVENS EUNUCOS

O MPLA aproveitou a celebração do Dia da sua Juventude (dizer que é da Juventude Angolana é uma ignomínia) para realizar uma “profunda reflexão e priorização” sobre as suas necessidades e preocupações, reconhecendo o seu papel “na edificação duma Angola mais desenvolvida, democrática e inclusiva”. Há 46 anos que o MPLA reflecte e há 46 anos que só piora a situação dos jovens… angolanos. A declaração consta do comunicado final divulgado após a 3ª reunião extraordinária de uma coisa que se chama Secretariado do Bureau Político (BP) do Comité Central…

Leia mais