Ambiente (bom ou mau, não importa) é cá com a malta!

A ministra das Pescas e do Mar de Angola, Victória de Barros Neto, considerou ser “urgente” a definição de uma estratégia nacional de conservação do ecossistema marinho angolano, prevista num protocolo governamental rubricado hoje. Muito bem. Os nossos 20 milhões de pobres ficaram muito sensibilizados com esta preocupação ambiental. O protocolo de cooperação para conservação, protecção e gestão do ecossistema marinho de Angola foi assinado pelos ministérios angolanos das Pescas e do Mar e do Ambiente, durante um seminário para assinalar o Dia Mundial dos Oceanos. “Por isso, entre outras…

Leia mais