Milhares de funcionários públicos sem salários

Um total de 64.044 funcionários públicos angolanos, em todo o país, viram o pagamento do salário suspenso em Abril por se encontrarem “em situação de irregularidade”, informou o Ministério das Finanças de Angola. De acordo com uma informação daquele ministério, a decisão surge no âmbito do processo de recadastramento dos funcionários públicos, lançado em Setembro de 2015, e abrange trabalhadores que, neste processo, apresentaram dados incompletos ou por falta de documentos, estando em ausência do local de trabalho para licença de formação ou junta médica. Também por “terem dupla efectividade…

Leia mais

Abusos do Director de Educação do Moxico

Domingos Armando Manecas Kimbila, 35 anos, é funcionário do Ministério da Educação, afecto à direcção provincial do sector no Moxico desde 2003, data em que ingressou na função pública. Por estar a ser vítima de “perseguição por parte do director da Educação”, recorreu ao F8 para denunciar o “bloqueio terrível” ao seu recadastramento. Por Sedrick de Carvalho O recadastramento é um acto administrativo que tem sido levado a cabo pelo Ministério das Finanças com objectivo de descobrir os funcionários com dupla efectividade e eliminar os “fantasmas” – indivíduos que não…

Leia mais