ANGOLA. A Polícia angolana anunciou que deteve mais de 100 pessoas, nos últimos três dias, por condução sob efeito de álcool, em Luanda, e que foram hoje encaminhadas para julgamento.

As detenções, de quinta-feira a domingo, ocorreram no âmbito da operação Páscoa Segura, referiu hoje o oficial de comunicação do comando provincial de Luanda da Polícia Nacional, Euler Matari.

No mesmo período, foram registados 16 acidentes, que resultaram em nove mortos e seis feridos nas estradas de Luanda, com danos materiais avaliados em sete milhões de kwanzas (26 mil euros) e a aplicação de 258 multas por infracções ao Código de Estrada.

Segundo Euler Matari, vão a julgamento sumário 104 cidadãos por condução sob efeito de álcool.

“Vamos redobrar esforços no sentido de não conduzirem sob efeito de álcool, fazendo mais operação e mais campanhas de sensibilização também”, referiu aquele oficial da polícia.

A seguir à malária, os acidentes de viação são a segunda causa de morte em Angola.

Relativamente aos dados nacionais, o porta-voz da Direcção Nacional de Viação e Trânsito, Angelino Sarrote, disse que deverão ser divulgados nos próximos dias.

Lusa

Partilhe este Artigo