ANGOLA. Um culto de reconhecimento do empenho do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, “na promoção da paz, sábia condução dos destinos do país e na resolução da problemática das seitas religiosas ilegais”, foi promovido hoje, domingo, na província do Huambo, pela Convenção Nacional de Igrejas Cristãs em Angola (CONICA).

O presidente da CONICA, reverendo Elias Pedro, afirmou que o Presidente José Eduardo dos Santos tem demonstrado sapiência em todos os momentos marcantes da história do país, manifestando a disposição das instituições religiosas em continuar a coadjuvar o governo na pacificação dos espíritos e resolução dos problemas sociais.

Elias Pedro admitiu que a igreja é um parceiro idóneo, com que o estado pode contar para harmonização da sociedade e em conjunto ultrapassar as dificuldades que os novos tempos apresentam.

Por curiosidade registe-se que, também hoje, o papa Francisco afirmou que “a Igreja não precisa de burocratas ou funcionários diligentes, mas de missionários apaixonados”, que sejam “solidários com a alegria e o sofrimento” das pessoas.

Partilhe este Artigo