Quanto não vale ser… tartaruga

A polícia angolana está à procura de dois homens acusados de terem “sacrificado” uma tartaruga de couro, espécie em extinção em Angola e que se encontrava a desovar numa praia, da Ilha de Luanda. Boa! Quanto não vale ser… tartaruga! Por Norberto Hossi O administrador do bairro da Ilha do Cabo, Paulo Neto, que deu a conhecer hoje o caso, referiu que o crime ocorreu no domingo. A tartaruga, com 70 quilogramas, foi capturada, morta e esquartejada por dois supostos pescadores. “Surpreendidos por agentes da Polícia Nacional, que patrulhavam a…

Leia mais