ANGOLA. O Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA) vai instalar uma travessia provisória sobre o rio Luachimo, no leste, para restabelecer a ligação terrestre entre as províncias da Lunda Sul e do Moxico, após o desabamento da estrutura anterior.

Em causa está um acidente com um camião que transportava duas cisternas de combustível, na terça-feira, naquela ponte metálica, a qual permite ligar as capitais das duas províncias, respectivamente Saurimo e Luena.

Com 20 metros de comprimento por quatro de largura e capacidade para suportar 40 toneladas de peso, aquela ponte, localizada no município de Dala, a 115 quilómetros de Saurimo (Lunda Sul), integra a Estrada Nacional 180 e já tinha sido reposta a 14 de Março último, devido a um outro desabamento.

Em comunicado, o INEA admite que com este novo desabamento e destruição da ponte ficou “cortada a ligação terrestre” entre as duas províncias, tendo sido mobilizados técnicos para instalar, nas próximas horas, uma “passagem provisória” para restabelecer o trânsito.

“E, posteriormente, prosseguir com a montagem de uma nova ponte”, refere o INEA.

A estrada que percorre a ponte agora destruída é utilizada nomeadamente por pesados que se deslocam de Luanda até à capital do Moxico, Luena, com todo o tipo de carga.

Lusa

Partilhe este Artigo