ANGOLA. Desde Abril foram vacinados contra a febre-amarela na província do Huambo, 1.472.880 pessoas, segundo os dados do o director da Saúde, Frederico Carlos Juliana.

Apesar de destacar o normal andamento do processo, fruto da colaboração das organizações da sociedade civil, Frederico Carlos Juliana lamentou o facto de alguns membros da extinta igreja Luz do Mundo, nos municípios do Bailundo e Londuimbali, se terem recusado a apanhar a vacina.

Frederico Carlos Juliana informou que até ao momento foram já realizadas campanhas de vacinação nos municípios do Huambo, Caála, Bailundo, Ecunha, Ucuma, Longonjo e Londuimbali, estando para breve nos municípios da Chicala-Cholohanga, Chinjenje, Cachiungo e Mungo, acrescentando que os cidadãos vacinados representam 95% do total de habitantes da província do Huambo.

Frederico Juliana considerou calma a situação epidemiológica da febre-amarela na região, lembrando que o último caso novo foi registado há 45 dias. Desde o dia 27 de Janeiro deste ano, quando registou-se o primeiro cosa de febre-amarela nesta província, as autoridades sanitárias já registaram 611 casos suspeitos, 120 confirmados laboratorialmente e 31 óbitos.

Partilhe este Artigo