O município de Viana, em Luanda, vai acolher a primeira Escola Academia Sporting em território africano. O acordo foi assinado na tarde desta quinta-feira por Bruno de Carvalho, presidente do clube de Alvalade, e Francisco Viana, presidente da Parkgest e do Fundo Viana.

“É um passo importante para a internacionalização da marca Sporting, sobretudo na área da formação – formação de jogadores, mas também de pessoas. Há milhões de africanos que sonham jogar no Sporting e ser um Cristiano Ronaldo ou um Figo. Este acordo representa a materialização desse sonho”, realçou Francisco Viana, citado pelo site do Sporting.

A infra-estrutura, com abertura prevista para um prazo máximo de seis meses, ficará instalada no complexo World Trade Center e terá duas localizações num raio de cerca de dois quilómetros, contando, no total, com dez campos de treino.

“Vamos estar junto a grandes marcas internacionais de referência, e também junto a uma escola internacional de ensino de grande qualidade. Pretendemos celebrar protocolos para esses jovens poderem estudar no Sporting. Queremos buscar os melhores alunos”, detalhou aquele responsável, enaltecendo o cariz social do projecto.

“A formação é um factor importante para a estabilidade social, porque os jovens sem actividade acabam por desviar-se. Este projecto é um contributo para a formação do ser humano e é feito com paixão, com alma. Não é um projecto financeiro, é uma vontade de prestar um serviço à juventude e de mostrar que, na nova África, se podem fazer grandes projectos”, diz Bruno de Carvalho.

Partilhe este Artigo