As agências portuguesas IAPMEI e AICEP estão a contactar empresas que exportam ou estão em processo de internacionalização para Angola para dinamizar a linha de crédito destinado ao nosso país.

“O IAPMEI [Agência para a Competitividade e Inovação] e a AICEP [Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal] vão contactar os milhares de empresas suas clientes, em particular PME (Pequenas e Médias Empresas), no sentido de dinamizar a linha de financiamento para empresas portuguesas com processo de internacionalização em Angola”, disse o secretário de Estado da Inovação, Investimento e Competitividade, Pedro Gonçalves.

“O objectivo é estimular as PME portuguesas com actividades em Angola a aderir a esta linha de financiamento de 500 milhões de euros, promovida pelo IAPMEI, PME Investimentos e Sociedades de Garantia Mútua, em articulação com a rede de 18 bancos comerciais que protocolizaram a linha”, acrescentou o governante.

“A acção de divulgação que vai ser difundida pelas duas instituições públicas é um sinal inequívoco: o Governo tem toda a confiança de que a linha de financiamento está inteiramente operacional e disponível para as empresas, que devem dirigir-se às entidades bancárias associadas para poder aceder ao financiamento pretendido”, adiantou.

Para Pedro Gonçalves, “é do interesse de todos que esta ‘Linha de Angola’ funcione em pleno”.

Esta linha de crédito especial tem como objectivo promover o acesso ao crédito a empresas com exportações ou processo de internacionalização para Angola, que comprovem a existência de depósitos bancários em instituições de crédito angolanas e que sentem dificuldades em converter para euros ou dólares.

A linha entrou em vigor a 8 de Maio e tem um valor global de 500 milhões de euros.

Partilhe este Artigo