ANGOLA. Mais um massacre contra os fiéis da congregação religiosa de José Julino Kalupeteka, na região de Cassongue, está a decorrer e envolve as FAA e a Polícia e um considerável arsenal bélico.

Nesta altura o balanço provisório dada a escassez de informações aponta para a morte de cinco fiéis (duas crianças, dois homens e duas mulheres) para além de dois elementos da Polícia Nacional.

Em retaliação a estes confrontos, as FAA, juntamente com a Polícia sitiou a aldeia inteira e há fortes sinais de que durante as próximas horas não haverá sobreviventes se, como tudo indica, as FAA usarem o material bélico deslocado para o local: RPG7, PKM, AK, morteiros diversos e granadas, transportado em dois camiões russos de marca Kamazi e cinco Ivecos das FAA.

A congregação de Kalupeteka, tal como aconteceu no Huambo, está a ser exterminada pelo facto de o seu líder ser ovimbundo e não aceitar integrar o MPLA.

Partilhe este Artigo