ANGOLA. A CASA-CE e o Bloco Democrático (BD), vão insistir na exigência do direito de voto da comunidade angolana radicada no estrangeiro.

Os dois dos partidos reivindicam que a comunidade angolana radicada no estrangeiro tenha direito nos futuros actos eleitorais.

Esta é uma das acções da agenda de iniciativas que os seus representantes em Portugal pretendem levar aos respectivos congressos, ainda este ano, a antever a batalha política que terá lugar com vista às eleições gerais previstas para Agosto de 2017.

Partilhe este Artigo