O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Rui Mangueira, anunciou hoje, na cidade do Cuito, a construção de 60 novas comarcas no país.

Rui Mangueira prestou estas declarações no encontro que manteve com os magistrados judiciais do Ministério Público, no âmbito da visita de trabalho de algumas horas à província do Bié.

O governante assegurou que as obras de construção das referidas comarcas judiciais arrancam no próximo ano em todo país, acrescentando que a intensão consiste em desafogar as cadeias existentes neste momento.

Afirmou que a acção enquadra-se num projecto de reforma do sector da justiça em carteira e que está a ser elaborado e discutido para a sua aprovação nos próximos tempos, realçando que em cada província serão erguidos quatro a cinco edifícios.

A visita do ministro da Justiça e dos Direitos Humanos serviu igualmente para a inauguração de um posto de arquivo de identificação civil e criminal na comuna do Cunje, município do Cuito.

Durante a sua estada, Rui Mangueira manteve encontro em separado com o governador da província do Bié, Álvaro de Boavida Neto, com os magistrados judiciais do Ministério Público e presidiu ao conselho de direcção da delegação local da Justiça e Direitos Humanos.

Partilhe este Artigo