Funcionários dizem que na
Luanda Medical Center
há escravatura e racismo

O Folha 8 torna pública a carta aberta enviada à nossa Redacção pelos funcionários angolanos da clínica Luanda Medical Center (LMC), localizada no Largo Serpa Pinto, na Mutamba, Luanda, onde consta a exposição daquilo que designam de “uma escravatura moderna”. O grito de socorro daqueles funcionários é, afirmam, contra actos de racismo, rescisão de contratos sem aviso prévio, ameaças, obrigação de trabalhar aos domingos e feriados, ilegalidade dos turnos nocturnos, discriminação remuneratória, não subida de salários, realização de cirurgias ilegais, fuga ao fisco, contratação de estrangeiros ilegais e com cadastro…

Read More